PUBLICIDADE
Mais Esportes

De luto, Galo recebe o Figueirense na noite desta quarta-feira

O Galo entra em campo de luto, nesta quarta-feira, contra o Figueirense, às 21h45 (de Brasília), pela decisão da Copa do Brasil. No dia anterior ao jogo, nessa terça-feira, a Cidade do Galo parou com uma dura e lamentável notícia: o diretor de administração e controle, Bebeto de Freitas, morreu durante uma reunião no Centro […]

08:15 | 14/03/2018

O Galo entra em campo de luto, nesta quarta-feira, contra o Figueirense, às 21h45 (de Brasília), pela decisão da Copa do Brasil. No dia anterior ao jogo, nessa terça-feira, a Cidade do Galo parou com uma dura e lamentável notícia: o diretor de administração e controle, Bebeto de Freitas, morreu durante uma reunião no Centro de Treinamento da agremiação.

Tudo ocorreu durante uma reunião após a apresentação do time de futebol americano do Galo. O dirigente sentiu-se mal e foi socorrido rapidamente pelos médicos do Atlético. No entanto, Bebeto de Freitas não resistiu.

Os jogadores foram liberados, bastante chateados. A concentração foi cancelada e os treinamentos não ocorreram.

Sobre o jogo, a equipe alvinegra venceu o primeiro duelo, há duas semanas, por 1 a 0, jogando no Orlando Scarpelli. Com isso, um empate já é satisfatório. No caso de vitória do Figueirense, 1 a 0 leva a partida para os pênaltis. Já o triunfo por mais de dois gols de diferença garante o acesso ao clube de Florianópolis.

O Galo vai com força total para o jogo. No último duelo do Campeonato Mineiro, como já estava classificado, o técnico Thiago Larghi deixou a equipe jogar com o time inteiro reserva. Isso deixou o grupo descansado para o duelo decisivo pela Copa do Brasil.

Pelo lado do Figueirense, o técnico Milton Cruz está preocupado com a retranca que será formada pelo Galo. No primeiro duelo, inclusive, o treinador disse que se surpreendeu com a postura atleticana e não espera nada de diferente.

“Antes eu acreditava muito (em um jogo aberto). Atlético era uma equipe ofensiva, que saía para ganhar o jogo. No primeiro jogo aqui, vieram fechados. Alguns jogadores deles ainda falaram: ‘Montamos a retranca da retranca’. Lógico que não vamos encontrar um time jogando aberto, como sempre vimos. É um novo treinador, uma nova filosofia de trabalho. Vão jogar fechados como jogam o Avaí e Chapecoense. O único time que propõe jogo é o Figueirense”, destacou.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO X FIGUEIRENSE

Local: Estádio Independência, Belo Horizonte (MG)

Data: 14 de março de 2018, Quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Dyorgines José Padovani de Andrade (ES)

Auxiliar: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antônio Zanotti (ES)

ATLÉTICO – Victor, Patric, Léo Silva, Gabriel, Fábio Santos, Adilson, Elias, Otero, Erik, Roger Guedes, Ricardo Oliveira.

Técnico: Thiago Larghi.

FIGUEIRENSE – Denis; Diego Renan, Nogueira, Cleberson e Guilherme Lazaroni; Zé Antônio, Betinho, Jorge Henrique, Gustavo Ferrareis e Maikon Leite; André Luis.

Técnico: Milton Cruz.

Gazeta Esportiva

Recomendadas para você

Comentários