PUBLICIDADE
Esportes

Bielsa é condenado a pagar R$ 1,2 milhão ao Lille

Demitido do comando técnico do Lille em dezembro de 2017, Marcelo Bielsa foi condenado nesta segunda-feira a pagar uma quantia de 300 mil euros (cerca de R$ 1,2 milhão) por ter praticado procedimentos abusivos ao exigir a indenização de 18 milhões de euros (R$ 72 milhões) ao ex-clube. A decisão foi do Tribunal do Comércio [?]

13:45 | 05/03/2018

Demitido do comando técnico do Lille em dezembro de 2017, Marcelo Bielsa foi condenado nesta segunda-feira a pagar uma quantia de 300 mil euros (cerca de R$ 1,2 milhão) por ter praticado procedimentos abusivos ao exigir a indenização de 18 milhões de euros (R$ 72 milhões) ao ex-clube. A decisão foi do Tribunal do Comércio de Lille.

Bielsa foi retirado do comando em dezembro por conta de uma sequência de maus resultados e também polêmicas com a diretoria. Depois de sua saída, reclamava ao Lille o pagamento de 12,9 milhões de euros por salários e outros 5 milhões por indenização. O pedido foi considerado extravagante pelas autoridades responsáveis e, então, ele recebeu a condenação na manhã desta segunda-feira.

O ex-técnico e o clube francês se encontrarão no próximo dia 13 de março no Tribunal do Trabalho para dar continuidade ao processo. Além do valor, Bielsa contesta os motivos de sua demissão. Em maio de 2017, o técnico argentino fechou contrato com o Lille por duas temporadas, mas foi afastado em 22 de novembro e, em 15 de dezembro, teve contrato rescindido por má conduta. Na época, os maus resultados colocaram o time na zona de rebaixamento do Campeonato Francês.

 

Gazeta Esportiva

TAGS