PUBLICIDADE
Esportes

Autópsia indica que morte de Astori foi resultado de um problema cardíaco

Segundo o jornal italiano La Gazetta dello Sport, a autópsia feita no corpo de Davide Astori indicou que o falecimento do atleta foi em decorrência de um problema cardíaco. A publicação ainda diz que foi possível confirmar que o jogador morreu de causas naturais. O procurador da República de Udine, Antonio de Nicolo, afirmou que o [?]

17:00 | 06/03/2018

Segundo o jornal italiano La Gazetta dello Sport, a autópsia feita no corpo de Davide Astori indicou que o falecimento do atleta foi em decorrência de um problema cardíaco. A publicação ainda diz que foi possível confirmar que o jogador morreu de causas naturais.

O procurador da República de Udine, Antonio de Nicolo, afirmou que o zagueiro faleceu por uma bradiarritmia, desaceleramento no ritmo dos batimentos cardíacos. ?A causa da morte pode ser cardíaca, sem evidência macroscópica. Provavelmente por uma bradiarritmia e um edema pulmonar. Para o diagnóstico definitivo, são necessário exames mais detalhados?, disse de Nicolo

Depois da conclusão da autópsia, o corpo de Astori será devolvido à família. O velório será no centro de treinamento da Seleção Italiana, nesta quarta-feira, em Florença. Já o funeral está programado para quinta-feira, na Basílica di Santa Croce, também em Florença.

Davide Astori foi encontrado morto no último domingo, no quarto de um hotel em Údine, onde a Fiorentina, sua equipe, estava concentrada para enfrentar a Udinese pela 27ª rodada do Campeonato Italiano. Inclusive, a Viola e o Cagliari, time que representou por oito anos, anunciaram que vão aposentar a camisa 13 em homenagem.

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS