STJ decide manter Carlos Arthur Nuzman em liberdadeMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


STJ decide manter Carlos Arthur Nuzman em liberdade

18:00 | 27/02/2018
NULL
NULL

[FOTO1] Nesta terça-feira, a Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) optou por manter o ex-presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman em liberdade. Entretanto, o ex-dirigente está impossibilitado de deixar o país, a decisão foi por 4 votos a 0.

Nuzman foi preso em outubro de ano passado por suspeita em compra de votos no Comitê Olímpico Internacional, para que o Rio de Janeiro fosse escolhido como sede dos Jogos Olímpicos de 2016. Uma semana após a prisão, acabou renunciando o cargo de presidente do COB.

Passados 15 dias na prisão, o ex-dirigente acabou deixando a cadeia, em decisão do STJ, que acabou determinando o recolhimento domiciliar de Nuzman, podendo assim, sair de casa, porém, tem de permanecer no local durante as noites, finais de semana e feriados.

Em nota emitida, a defesa de Nuzman diz que: “a decisão é justa e correta”. O próximo passo dos defensores é fazer com que a denúncia seja rejeitada.

Confira a nota completa da defesa de Nuzman:

“A decisão é justa e correta, no passo em que erigiu um muro de contenção ao apetite acusatório por arbitrária e descabida prisão preventiva. A manutenção da liberdade foi assegurada, por unanimidade, pelos Ministros da Sexta Turma. A defesa agora espera que a denúncia seja rejeitada, diante da falta de justa causa para ação penal”.


Gazeta Esportiva

TAGS