Juventus vence Atalanta e está na final da Copa Itália pela 4ª vez consecutivaMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Juventus vence Atalanta e está na final da Copa Itália pela 4ª vez consecutiva

  Dois dias após terem uma partida adiada por conta da neve pelo Italiano, Juventus e Atalanta se reencontraram, mas dessa vez pela semifinal da Copa Itália, às 13h30 (de Brasília), na Allianz Arena, em Turim. Com a vantagem de 1 a 0 no jogo de ida, a Velha Senhora se garantiu na final pelo [?]

15:46 | 28/02/2018

 

Dois dias após terem uma partida adiada por conta da neve pelo Italiano, Juventus e Atalanta se reencontraram, mas dessa vez pela semifinal da Copa Itália, às 13h30 (de Brasília), na Allianz Arena, em Turim. Com a vantagem de 1 a 0 no jogo de ida, a Velha Senhora se garantiu na final pelo mesmo placar, com gol de pênalti marcado aos 28 do segundo tempo. Esta é a quarta final consecutiva da Juventus ? nas três oportunidades anteriores, levou o caneco.

Sob neve fina, a primeira etapa da partida foi bastante movimentada e com chances para as duas equipes, que buscaram o resultado explorando bastante as laterais. Destaque para a dupla de zaga da Juve, Chiellini e Lichtsteiner, e para o goleiro Berisha, que fez grandes defesas para a Atalanta. No segundo tempo, a Juventus foi mais ofensiva e levou um susto aos 23 minutos, com um quase gol de cobertura, que parou na trave. A resposta veio logo depois, em pênalti convertido por Pjanic.

A final da Copa Itália será no dia 9 de maio e o adversário será decidido também nesta quarta, às 16h30 (de Brasília), entre Lazio e Milan, no Estádio Olímpico, em Roma. A partida de ida foi 0 a 0.

O jogo

Procurando o resultado, a Atalanta tentou bastante ofensividade até os 15 minutos do primeiro tempo, com dois lances na área da Juventus, ambas afastadas pela zaga, rendendo logo no início um cartão amarelo a Chiellini. A resposta veio aos 16 minutos, com lance de perigo de Matuidi, que não alcançou a bola após cobrança de falta de Pjanic.

A partida seguiu bastante movimentada, com marcação cerrada e adiantada de ambas as equipes, que exploravam bastante as laterais para chegar ao gol adversário. Os visitantes permaneceram com maior posse de bola durante toda a primeira etapa e a Juve pressionava para conseguir explorar bons contra-ataques, como aos 24 minutos. Em roubada de bola no meio do campo, Asamoah deu passe em profundidade para Alex Sandro, que cruzou, mas não havia ninguém. Bola tirada por Spinazzola, em boa oportunidade para a dona da casa.

Aos 32, cruzamento na área de Buffon, mas a zaga da Juventus, bem postada, afastou, sem perigo. A Velha Senhora foi para cima e conseguiu belo chute com Mandzukic, que parou no goleiro. Na sequência, bom contra-ataque da Atalanta com o camisa 10 Gómez, que acabou fazendo falta e levando cartão amarelo. Aos 39, oportunidade com Douglas Costa, que disparou chute em direção a Berisha, e, já aos 42, nova chance para os visitantes com Freuler, parado por Chiellini.

No final do primeiro tempo, lance polêmico em cima de Pjanic, que corria pela esquerda com a bola e foi derrubado na área. Por simulação, árbitro aplicou o cartão amarelo e jogadores bianconeros reclamaram bastante.

Na volta para o segundo tempo, sem modificações nas equipes. Logo aos 2 minutos, cobrança de falta de Gómez direto nas mãos de Buffon. Assim como no primeiro tempo, jogo bastante movimentado, boa chance para a Juve aos 5 minutos em chute forte de Marchisio e cartão amarelo para Matuidi um minuto depois por falta no meio do campo.

Aos 13 minutos, boa jogada da Juventus pela esquerda, com Alex Sandro, que tocou para o meio e Mancini afastou. Em seguida, chute forte de Marchisio para fora. Juventus foi mais ofensiva na segunda etapa, tentando marcar um gol para afastar a possibilidade de pênalti, caso a Atalanta marcasse. Aos 23, substituição de Illicic por Cornelius e um belo susto para a Juve: Gómez viu Buffon adiantado, tentou por cobertura e a bola raspou na trave.

Para o lado de lá, a trave também foi decisiva em lance de Douglas Costa, que chutou forte pelo meio e viu a bola explodir no travessão de Berisha. Aos 28 minutos, o árbitro marcou pênalti em cima de Matuidi e Pjanic converteu para a Juventus, deixando a equipe de Allegri mais perto da vaga para a final. Mesmo com 4 minutos de acréscimo, a Atalanta não conseguiu reverter o placar e foi eliminada da Copa Itália.

No segundo tempo, uma série de substituições em momentos diferentes da partida: Marchisio,Douglas Costa e Alex Sandro saíram para as entradas de Khedira, Dybala e Barzagli. Na Atalanta, Mancini e Freuler deram lugar para Rizzo e Barrow.

Gazeta Esportiva

TAGS