PUBLICIDADE
Esportes

Com dois de Soares, Porto goleia e reassume a liderança

O Porto foi até o Estádio Municipal de Chaves neste domingo, pela 22ª rodada do Campeonato Português, e venceu com tranquilidade por 4 a 0. Com esse resultado, o time comandado por Sérgio Conceição reassume a liderança, com 55 pontos, e o Benfica vem logo atrás, com 53. Já o Sporting possui 50, e o [?]

15:30 | 11/02/2018

O Porto foi até o Estádio Municipal de Chaves neste domingo, pela 22ª rodada do Campeonato Português, e venceu com tranquilidade por 4 a 0. Com esse resultado, o time comandado por Sérgio Conceição reassume a liderança, com 55 pontos, e o Benfica vem logo atrás, com 53. Já o Sporting possui 50, e o Chaves, que só havia perdido um jogo dos últimos 11 confrontos, permanece em sexto, com 30.

Em um dia inspirado, o brasileiro Soares anotou os dois primeiros gols nos 30 minutos iniciais, Marega ampliou no começo do segundo tempo e Sérgio Oliveira sacramentou a vitória já nos acréscimos. Do outro lado, o Chaves não conseguiu criar boas oportunidades.

Na próxima quarta-feira, o Porto encara o Liverpool pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, no estádio do Dragão. Já o Chaves tem a semana toda para se recuperar da partida e enfrenta o Moreirense apenas no domingo, pelo Português.

O jogo

No início, os donos da casa mantiveram quase 60% da posse de bola, no entanto o Porto se postou bem e começou melhor a partida. Aos 2 minutos, chute certeiro de Herrera parou na defesa de Antonio Filipe e, aos 10, o zagueiro do Chaves, Domingos Duarte, escorregou e deu a Soares a chance de abrir o placar, mas ele mesmo se recuperou e tirou a bola. Aos 15, no entanto, com passe de Sérgio Oliveira, o brasileiro Soares ganhou na corrida e, com o pé esquerdo, balançou as redes.

Aos 22 minutos, boa oportunidade para o Chaves com Matheus Pereira de fora da área, mas José Sá fez grande defesa e impediu o empate. Mesmo com essa investida, foram os dragões que ampliaram o placar. Após cruzamento de Maxi Pereira na meia-altura, Soares pegou de primeira com o pé direito e fez um golaço.

Instantes depois, o zagueiro Nikola Maras impediu o terceiro gol do Porto, após jogada entre Corona, Soares e Marega. No restante do primeiro tempo, poucas chances para as equipes e dois cartões amarelos para o Chaves, um para Matheus Pereira (20 minutos) e outro para Bressan (44 minutos).

Na volta para a etapa complementar, logo aos 3 minutos, o meia brasileiro Otávio foi punido com cartão amarelo, assim como Maxi Pereira, logo depois. Aos 11 minutos, o brasileiro fez boa jogada e deu assistência para Marega chutar. A bola desviou no adversário e entrou, para fazer o terceiro dos Dragões. Soares queria fazer mais um e, aos 13, chutou na entrada da área, mas a trave o impediu de marcar.

Neste início do segundo tempo, três alterações aconteceram: Perdigão entrou no lugar de Davidson, e Bressan, amarelado, deu lugar a Stephan Eustáquio, no Chaves. Sergio Conceição tirou o autor do terceiro gol, Marega, e colocou Waris.

Com o resultado, o Porto foi para cima e quase fez o quarto com o recém-colocado Waris, que também acertou a trave. Após o lance, ele levou cartão amarelo por falta em Matheus Pereira, e Corona por falta em Djavan. Com a vitória quase certa, Sergio Conceição fez as duas últimas modificações: Otávio foi substituído por Óliver Torres, aos 20 minutos, e Ricardo entrou no lugar de Corona. Luis Castro também fez sua última troca, colocando o brasileiro Higor Platiny no lugar de Pedro Tiba.

Até o final do jogo, o Porto buscou mais um gol, enquanto o adversário não conseguiu furar o bloqueio, muito menos o gol de José Sá. Nos acréscimos, Herrera lançou para Sérgio Oliveira, que matou no peito e chutou certeiro para fazer o quarto na goleada diante do Chaves.

Gazeta Esportiva

TAGS