Ambos fora do Galo, clube revela fortuna que gastou com dupla que só ganhou um torneio estadualMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Ambos fora do Galo, clube revela fortuna que gastou com dupla que só ganhou um torneio estadual

Quando assumiu o Atlético, na metade de dezembro de 2017, o presidente Sérgio Sette Câmara confirmou que iria fechar a torneira dos gastos. O dinheiro ia pingar com mais dificuldade, sendo um racionamento para pensar no futuro do clube. E uma das primeiras atitudes tomadas pelo mandatário alvinegro foi liberar a dupla que ocupava uma [?]

10:00 | 27/02/2018

Quando assumiu o Atlético, na metade de dezembro de 2017, o presidente Sérgio Sette Câmara confirmou que iria fechar a torneira dos gastos. O dinheiro ia pingar com mais dificuldade, sendo um racionamento para pensar no futuro do clube. E uma das primeiras atitudes tomadas pelo mandatário alvinegro foi liberar a dupla que ocupava uma boa parte da folha salarial preto e branca.

Segundo o presidente do clube, no tempo que ficaram em Belo Horizonte, Fred e Robinho custaram aos cofres alvinegros R$ 52,9 milhões. ?É a primeira vez que falo isso em público. Quando eu assumi o Atlético peguei a folha e assustei. Esse número fica na minha cabeça?, revelou o mandatário alvinegro em entrevista a Rádio 98FM.

Ao observar o gasto que a dupla teve no tempo em que ficaram no Atlético, o clube decidiu que precisava reduzir isso. No caso de Robinho, a renovação de contrato estava chegando e seria necessário uma nova proposta, como ocorreu. O jogador, no entanto, não ficou satisfeito com a oferta e buscou novos ares.

Já na situação de Fred, o jogador ainda tinha um ano de contrato. O Atlético precisou então agir no mercado, como foi antecipado pela Gazeta Esportiva. ?Em novembro eu analisei a folha e percebi que gastaríamos com o Fred algo em torno de R$ 16 milhões. Isso inviabilizaria parte do clube?, destacou.

?Buscamos fazer um negócio com ele. O Flamengo me procurou, achei inclusive muito ético. Eles me ligaram depois foram até o Fred. Seria o mesmo valor que ele recebia no Atlético, o que eu considero alto?, acrescentou.

Sette Câmara ainda falou da transferência de Fred para o Cruzeiro. Segundo o presidente, em relação a multa de R$ 10 milhões, tudo foi acordado e o jogador cruzeirense concordou, assim como seus representantes. Sérgio ainda reforçou que acredita no recebimento do valor.

?Aceitamos liberar sem custo, mas não para atravessar a rua e jogar no meu rival. O contrato foi assinado pelo Fred, pelo irmão dele, o Rodrigo, pelo procurador, o Francis Melo. Todos concordaram com a multa e no acerto com o Cruzeiro eles apresentaram e se garantiram com documentos, que eu tenho também. Mas quem deve ao Atlético é o Fred. Tenho certeza que, mais dia ou menos dia, isso será resolvido e com o pagamento da multa ao Atlético?, finalizou.

E um detalhe: após gastar quase R$ 53 milhões com a dupla que serviu a seleção brasileira, o Galo só conquistou um Campeonato Mineiro. Ambos estavam no Atlético na final da Copa do Brasil de 2016, mas Robinho foi inútil em campo e Fred não podia entrar em campo por já ter disputado o torneio com a camisa do Fluminense

Gazeta Esportiva

TAGS