PUBLICIDADE
Esportes

Vera Cruz Campinas domina o Ituano e vence em estreia na LBF

Denominar a partida da tarde deste domingo pela LBF como marcante não seria exagero algum. No confronto que encerrou o primeiro final de semana da Liga de Basquete Feminino, o Vera Cruz Campinas derrotou o Funvic/Ituano pelo marcador de 80 a 51, no Ginásio da AAPP Paineiras, em Campinas. O duelo reuniu duas equipes que [?]

16:15 | 14/01/2018

Denominar a partida da tarde deste domingo pela LBF como marcante não seria exagero algum. No confronto que encerrou o primeiro final de semana da Liga de Basquete Feminino, o Vera Cruz Campinas derrotou o Funvic/Ituano pelo marcador de 80 a 51, no Ginásio da AAPP Paineiras, em Campinas.

O duelo reuniu duas equipes que faziam o primeiro jogo de suas histórias. Enquanto o Vera Cruz apostou na base do time de Americana, incluindo o treinador Antonio Carlos Vendramini, tricampeão da LBF e bicampeão mundial, o Ituano montou sua equipe ao redor do técnico Antonio Carlos Barbosa, ex-comandante da Seleção Brasileira e medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de 2000.

No primeiro quarto, a equipe de Campinas começou melhor, imprimindo um ritmo intenso ao confronto e saindo na frente do placar. Entretanto, após uma lesão no tornozelo da jogadora Mariana Dias, o Ituano acordou para a partida e ?virou a chave?.

Ainda no período inicial de jogo, uma queda de luz devido à falta de energia elétrica paralisou o duelo por alguns minutos. No recomeço, o Vera Cruz retomou as rédeas da disputa, recuperou a liderança e conseguiu ir para o próximo quarto na frente: 18 a 11.

Na rodada seguinte, a estratégia do Ituano de apressar os arremessos de quadra não deu certo, com a equipe do interior paulista marcando apenas seis pontos nos dez minutos. Por outro lado, o time da casa mostrava-se mais calmo e, mesmo errando ao concluir para a cesta, conseguiu alargar a vantagem na ida ao intervalo, liderando por uma impressionante diferença de 17 pontos.

A principal atleta do Vera Cruz, a ala cubana Ariadna, maior pontuadora da história da Liga de Basquete Feminino, não começou a competição do jeito que está acostumada, tendo um aproveitamento ruim dos arremessos de quadra. Entretanto, a jogadora conseguiu envolver as companheiras nas jogadas e assumiu o papel de movimentação de engrenagem do time.

O início do segundo tempo de partida viu o Campinas repetir o bom desempenho em dois setores que já havia sido amplamente superior: o número de rebotes e de bolas recuperadas.

No terceiro quarto, as duas equipes despertaram ofensivamente. O Campinas marcou 24 pontos no período, enquanto o Ituano, em desvantagem, anotou 17. O final do período chamou atenção: enquanto o Vera Cruz conseguiu duas cestas de três consecutivas, o Ituano respondeu com uma cesta praticamente do meio da quadra de Aruzha, no estouro do relógio.

Com a diferença no marcador alargada, o último quarto serviu apenas de formalidade. O time visitante foi capaz de alcançar uma certa melhora, mas não o suficiente para chegar em uma reação: placar final de 80 a 51 a favor do Vera Cruz Campinas.

A destaque da partida foi a jogadora argentina Meli Gretter, da equipe da casa. A armadora de 1.65m anotou 19 pontos, com um bom aproveitamento nos arremessos de dois e três pontos, combinados com quatro rebotes e cinco assistências.

Na rodada seguinte, o Ituano encara o Sampaio Basquete no próximo domingo, às 11h00 (horário de Brasília). O Vera Cruz Campinas retorna às quadras no mesmo dia, porém somente às 18h00 (horário de Brasília), quando enfrenta o Uninassau longe de seus domínios.

Gazeta Esportiva

TAGS