PUBLICIDADE
Esportes

Nadal tem atuação convincente, vence bósnio e avança às oitavas na Austrália

Um dos questionamentos que se fazia no mundo do tênis antes do início do Aberto da Austrália era sobre a questão física de Rafael Nadal. Atual número um do mundo, o espanhol sofreu com algumas lesões no final da temporada passada e gerava algumas dúvidas se jogaria com 100% este Grand Slam. No entanto, a [?]

10:30 | 19/01/2018

Um dos questionamentos que se fazia no mundo do tênis antes do início do Aberto da Austrália era sobre a questão física de Rafael Nadal. Atual número um do mundo, o espanhol sofreu com algumas lesões no final da temporada passada e gerava algumas dúvidas se jogaria com 100% este Grand Slam.

No entanto, a participação do El Toro Miura até o momento já deixou claro que não existe problema algum no físico do atleta. Jogando num ritmo forte desde o início do torneio, Nadal fez mais uma vitima nesta sexta-feira, ao derrotar Damir Dzumhur, 30º do ranking da ATP, por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/3 e 6/1, em pouco menos de 2h de partida.

Arrasador, Nadal abriu uma vantagem de 5 games a 0 muito rapidamente. Cedendo apenas um ponto ao adversário, o espanhol conseguiu duas quebras de serviço com muita facilidade. Dzumhur conseguiu confirmar o seu primeiro serviço apenas na terceira tentativa de saque, porém logo no game seguinte o numero um do planeta conseguiu fechar o primeiro set com um 6/1.

No segundo set, a partida se mostrou mais equilibrada. Arriscando mais, o tenista bósnio consegui fazer frente ao espanhol em certos momentos da parcial, inclusive conseguindo uma quebra de saque no quarto game. Porém, Nadal já havia conseguido uma quebra no primeiro game do set e soube responder a ação do adversário com uma nova quebra no quinto game. Para fechar o set, o espanhol voltou a incomodar o saque adversário e fechou com um 6/3, abrindo 2 a 0.

Sem outra opção, Dzumhur começou o terceiro set forçando muito o jogo. No entanto, Nadal soube lidar bem com as tentativas do rival e consegui vencer os dois primeiros games. As duas vitórias do favorito a vitória fizeram com que o ritmo do bósnio já não fosse o mesmo. Nadal se aproveitou disso para fechar a partida em 3 sets a 0 com um novo 6/1.

O desafio do espanhol nas oitavas de final do Grand Slam será Diego Schwartzman, 26º do ranking. No histórico entre os tenistas aconteceram três partidas, com três triunfos de Nadal, que não chegou a perder nenhum set para o argentino.

Confira os outros confrontos da rodada:

Grigor Dimitrov 3 x 1 Andrey Rublev (6/3, 4/6, 6/4, 6/4)

Andreas Seppi 3 x 2 Ivo Karlovic (6/3, 7/6(7/4), 6/7(3/7), 6/7(5/7), 9/7)

Diego Schwartzman 3 x 1 Alexandr Dolgopolov (6/7(1/7), 6/2, 6/2, 6/3)

Nick Kyrgos 3 x 1 Jo-Wilfred Tsonga (7/6(7/5), 4/6, 7/6(8/6), 7/6(7/5)

Ryan Harrison 0 x 3 Marin Cilic (6/7(4/7), 3/6, 6/7(4/7)

Gazeta Esportiva

TAGS
Nadal tem atuação convincente, vence bósnio e avança às oitavas na AustráliaMais Esportes | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes

Nadal tem atuação convincente, vence bósnio e avança às oitavas na Austrália

Um dos questionamentos que se fazia no mundo do tênis antes do início do Aberto da Austrália era sobre a questão física de Rafael Nadal. Atual número um do mundo, o espanhol sofreu com algumas lesões no final da temporada passada e gerava algumas dúvidas se jogaria com 100% este Grand Slam. No entanto, a [?]

10:30 | 19/01/2018

Um dos questionamentos que se fazia no mundo do tênis antes do início do Aberto da Austrália era sobre a questão física de Rafael Nadal. Atual número um do mundo, o espanhol sofreu com algumas lesões no final da temporada passada e gerava algumas dúvidas se jogaria com 100% este Grand Slam.

No entanto, a participação do El Toro Miura até o momento já deixou claro que não existe problema algum no físico do atleta. Jogando num ritmo forte desde o início do torneio, Nadal fez mais uma vitima nesta sexta-feira, ao derrotar Damir Dzumhur, 30º do ranking da ATP, por 3 sets a 0, com parciais de 6/1, 6/3 e 6/1, em pouco menos de 2h de partida.

Arrasador, Nadal abriu uma vantagem de 5 games a 0 muito rapidamente. Cedendo apenas um ponto ao adversário, o espanhol conseguiu duas quebras de serviço com muita facilidade. Dzumhur conseguiu confirmar o seu primeiro serviço apenas na terceira tentativa de saque, porém logo no game seguinte o numero um do planeta conseguiu fechar o primeiro set com um 6/1.

No segundo set, a partida se mostrou mais equilibrada. Arriscando mais, o tenista bósnio consegui fazer frente ao espanhol em certos momentos da parcial, inclusive conseguindo uma quebra de saque no quarto game. Porém, Nadal já havia conseguido uma quebra no primeiro game do set e soube responder a ação do adversário com uma nova quebra no quinto game. Para fechar o set, o espanhol voltou a incomodar o saque adversário e fechou com um 6/3, abrindo 2 a 0.

Sem outra opção, Dzumhur começou o terceiro set forçando muito o jogo. No entanto, Nadal soube lidar bem com as tentativas do rival e consegui vencer os dois primeiros games. As duas vitórias do favorito a vitória fizeram com que o ritmo do bósnio já não fosse o mesmo. Nadal se aproveitou disso para fechar a partida em 3 sets a 0 com um novo 6/1.

O desafio do espanhol nas oitavas de final do Grand Slam será Diego Schwartzman, 26º do ranking. No histórico entre os tenistas aconteceram três partidas, com três triunfos de Nadal, que não chegou a perder nenhum set para o argentino.

Confira os outros confrontos da rodada:

Grigor Dimitrov 3 x 1 Andrey Rublev (6/3, 4/6, 6/4, 6/4)

Andreas Seppi 3 x 2 Ivo Karlovic (6/3, 7/6(7/4), 6/7(3/7), 6/7(5/7), 9/7)

Diego Schwartzman 3 x 1 Alexandr Dolgopolov (6/7(1/7), 6/2, 6/2, 6/3)

Nick Kyrgos 3 x 1 Jo-Wilfred Tsonga (7/6(7/5), 4/6, 7/6(8/6), 7/6(7/5)

Ryan Harrison 0 x 3 Marin Cilic (6/7(4/7), 3/6, 6/7(4/7)

Gazeta Esportiva

TAGS