PUBLICIDADE
Esportes

Interditado, Moisés Lucarelli passa por vistoria realizada pela CBF

Perto do início do Campeonato Paulista, a Ponte Preta passou por uma vistoria em seu estádio, Moisés Lucarelli, que validou obras para reforço do alambrado. Um fiscal designado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) analisou as dependências do Majestoso e enviará o laudo realizado para a entidade continuar com o processo de liberação do estádio. [?]

14:00 | 09/01/2018

Perto do início do Campeonato Paulista, a Ponte Preta passou por uma vistoria em seu estádio, Moisés Lucarelli, que validou obras para reforço do alambrado. Um fiscal designado pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) analisou as dependências do Majestoso e enviará o laudo realizado para a entidade continuar com o processo de liberação do estádio.

O clube deseja terminar a obra antes do início do Paulista, que acontece dia 17. O primeiro jogo em casa, no entanto, será dia 21, contra o Linense.

O reforço no alambrado é necessário devido a invasão de campo da torcida no jogo contra o Vitória, que decretou o rebaixamento da Ponte. Depois do episódio, o estádio foi interditado e o clube punido pelo STJD. São 20 mil reais de multa, além de seis jogos com os portões fechados. Os jogos da punição são validos apenas para a série B, portanto, Paulista e Copa do Brasil terão a presença do torcedor no Majestoso.

Gazeta Esportiva

TAGS