PUBLICIDADE
Esportes

Dakar termina neste sábado e Brasil pode levar outro título nos UTVs

Maior rali do mundo, o Rali Dakar 2018 chega ao fim neste sábado em Córdoba, na Argentina. A dupla brasileira Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, de Can-Am Maverick X3, lidera a categoria UTV e pode faturar mais um título para o país. Varela e Gugelmin estão tendo um ótimo desempenho e, até agora, já venceram cinco [?]

14:00 | 19/01/2018

Maior rali do mundo, o Rali Dakar 2018 chega ao fim neste sábado em Córdoba, na Argentina. A dupla brasileira Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin, de Can-Am Maverick X3, lidera a categoria UTV e pode faturar mais um título para o país.

Varela e Gugelmin estão tendo um ótimo desempenho e, até agora, já venceram cinco etapas, um recorde desde a criação da categoria UTVs.

Caso vençam amanhã, Varela e Gugelmin vão trazer o segundo título para o Brasil. Em 2017, Leandro Torres e Lourival Roldan faturaram o primeiro Dakar em uma categoria (justamente nos UTVs).

Brasileiros

O Dakar começou com sete pilotos e navegadores brasileiros, sendo dois UTVs, um carro e um quadriciclo: além de Varela/Gugelmin, Marcelo Medeiros corre nos Quadriciclos (está em quinto na classificação geral com um Yamaha Raptor 700).

Zeca Sawaya e Marcelo Haseyama (UTV Polaris) não largaram na etapa de quinta-feira e automaticamente saíram da competição (porém, eles continuam no Dakar, mas fora da disputa pelo título). Jorge Wagenfuhr e Idali Bosse, nos carros, com uma Mitsubishi Triton, abandonaram a prova nos primeiros dias.

O Dakar começou dia 6 de janeiro em Lima, e passou por outras cidades do Peru, Bolívia e Argentina. Ao todo, a prova terá aproximadamente 9.000 quilômetros, entre deslocamentos e trechos cronometrados.

Gazeta Esportiva

TAGS