PUBLICIDADE
Esportes

?Não existe perfeição no tênis. Ao menos que falemos de Federer?, diz Zverev

Não é novidade para os amantes do tênis quando alguém admira a capacidade técnica, tática ou física de Roger Federer. No entanto, é algo notável quando os elogios vêem de Alexander Zverev, um dos principais tenistas do mundo e que já derrotou mais de uma vez o suíço mesmo com apenas 20 anos de idade. [?]

16:15 | 10/12/2017

Não é novidade para os amantes do tênis quando alguém admira a capacidade técnica, tática ou física de Roger Federer. No entanto, é algo notável quando os elogios vêem de Alexander Zverev, um dos principais tenistas do mundo e que já derrotou mais de uma vez o suíço mesmo com apenas 20 anos de idade. O alemão afirmou que o jogo praticado pelo maior vencedor de Grand Slam beira a perfeição.

?Não existe perfeição no tênis. A menos, é claro, que falemos de Roger Federer. Neste caso podemos dizer que sim, existe perfeição. Mas para todos os demais casos, é diferente?, exaltou o prodígio tenista alemão. Para ele, o suíço é um jogador acima dos demais e que seu talento faz com que as pessoas sintam tanta vontade de assisti-lo jogar.

Depois de cogitar se aposentar nas últimas temporadas, Federer impressionou ainda mais a todos ao ser um dos melhores tenistas de 2017 e apresentar um de seus melhores  desempenhos na sua carreira, mesmo com já 36 anos. O suíço conquistou o Aberto da Austrália e Wimbledon, além de ser o maior vencedor Master 1000 no ano, com as conquistas de Indian Wells, Miami e Shangai.

Já Zverev pode não ter o mesmo talento de Federer, mas fez uma temporada brilhante e surpreendeu a todos ao terminar o ano em quarto lugar no ranking da ATP, algo impensável para alguém com apenas 20 anos. Além disso, Sascha enfrentou cinco vezes o suíço desde que inciou a carreira no tênis, e são duas vitórias do garoto alemão, uma delas um de seus principais triunfos, ao derrotar o adversário na final do Master 1000 do Canadá.

Gazeta Esportiva

TAGS