PUBLICIDADE
Esportes

Márquez garante permanência na Honda após 2018: ?Melhor fabricante?

Depois de se sagrar tetracampeão de MotoGP em 2017, Marc Márquez começou a despertar o interesse de outras equipes, já que possui contrato vigente com a Honda apenas até o fim de 2018. Com pouca idade e uma carreira vitoriosa, o piloto espanhol garantiu em um evento de um de seus patrocinadores que não passa [?]

19:15 | 14/12/2017

Depois de se sagrar tetracampeão de MotoGP em 2017, Marc Márquez começou a despertar o interesse de outras equipes, já que possui contrato vigente com a Honda apenas até o fim de 2018. Com pouca idade e uma carreira vitoriosa, o piloto espanhol garantiu em um evento de um de seus patrocinadores que não passa pela sua cabeça uma mudança de ares e garantiu que a renovação é apenas uma questão de tempo.

?Meu sonho era guiar pela melhor fabricante e estou vivendo este sonho. Não procuro uma motivação extra, porque quero apenas aprender com os erros do passado e seguir evoluindo na categoria?, disse o espanhol. ?Quando você opta por trocar de equipe é porque precisa de um incentivo e eu realmente me sinto bem na Honda. O melhor para mim é permanecer aqui?, ressaltou Márquez.

 

Segundo alguns veículos locais, o piloto de 24 anos já teria recebido alguns contatos para trocar de equipe ao fim de seu contrato. Segundo o site Motorsport, Márquez recebeu uma proposta tentadora da KTM, mas o negócio não deve avançar por conta das preferências do atual campeão.

Depois de participar do teste da Honda juntamente com o parceiro de equipe, Dani Pedrosa, os dois pilotos optaram por não realizar os testes privados realizados recentemente em Jeres. Questionado sobre a pré-temporada, Márquez admitiu que ainda não deu início e confirmou que apenas as avaliações em Sepang vão determinar o rumo para 2018.

?Nós não começamos a pré-temporada e ainda há muito trabalho para fazer, podendo tudo mudar nos próximos meses. Estou constantemente em contato com os engenheiros, mas sempre tem o que fazer?, afirmou. ?As primeiras impressões em valência foram boas, mas precisamos analisar o desempenho em pistas que temos mais dificuldades a fim de fazer alguns ajustes?, finalizou Marc Márquez.

Gazeta Esportiva

TAGS