PUBLICIDADE
Esportes

Campinas apresenta time de basquete feminino para a LBF

A cidade de Campinas, uma das mais populosas do Estado de São Paulo, não possuía um clube de basquete feminino desde 2006. Após muita espera, os campineiros amantes do esporte podem finalmente comemorar. Nesta segunda-feira, foi anunciado a criação do Vera Cruz Campinas. ?Agradeço por terem aberto as portas de Campinas para a gente. Nós [?]

12:15 | 11/12/2017

A cidade de Campinas, uma das mais populosas do Estado de São Paulo, não possuía um clube de basquete feminino desde 2006. Após muita espera, os campineiros amantes do esporte podem finalmente comemorar. Nesta segunda-feira, foi anunciado a criação do Vera Cruz Campinas.

?Agradeço por terem aberto as portas de Campinas para a gente. Nós andamos, andamos, e quando chegamos aqui, em cinco minutos já tínhamos um patrocínio master. Obrigado pela confiança?, afirmou o técnico Antônio Carlos Vendramini.

A equipe de Campinas participará da Liga de Basquete Feminino (LBF) que tem início em janeiro de 2018. ?Não estamos trazendo apenas um time para Campinas. Existe um projeto por trás disso, que visa trabalhar com crianças nos mais diferentes pontos da cidade de Campinas. Também temos projeto de categorias de base. É muito mais do que um time?, acrescentou Vendramini, antes de ser muito aplaudido no auditório da sede do Hospital Vera Cruz.

A cidade de Campinas tem tradição no basquete feminino. Na década de 90, a equipe da Ponte Preta brilhou no cenário internacional, conquistando dois títulos do Mundial de Clubes: 1993 e 1994. O time de Campinas contava com as estrelas Hortência e Paula, consideradas duas das maiores jogadoras da história do Brasil. Antes dos mundiais, a Ponte também faturou o bicampeonato Paulista, em 1992 e 1993. Em 2006, a equipe se encontrou sem patrocinadores e precisou fechar as portas.

Nove equipes estão confirmadas para a disputa da Liga de Basquete Feminino de 2018. São elas: Blumenau, Funvic/Ituano, Poty/Bax/Catanduva, Presidente Venceslau, Sampaio Basquete, Santo André/Apaba, SBC/Brazolin/UNIP, Uninassau Basquete e Vera Cruz Campinas.

Gazeta Esportiva

TAGS