PUBLICIDADE
Esportes

Alonso afirma que Schumacher foi muito rápido e às vezes intimidador

Em sua quarta temporada na Fórmula 1, Fernando Alonso conseguiu marcar o fim de uma era. Depois de Michael Schumacher ter conquistado cinco títulos consecutivos (2000 a 2004), o piloto espanhol conseguiu se impor com a Renault e encerrou o domínio da Ferrari no início dos anos 2000 ao conquistar o bicampeonato em 2005 e [?]

10:45 | 24/12/2017

Em sua quarta temporada na Fórmula 1, Fernando Alonso conseguiu marcar o fim de uma era. Depois de Michael Schumacher ter conquistado cinco títulos consecutivos (2000 a 2004), o piloto espanhol conseguiu se impor com a Renault e encerrou o domínio da Ferrari no início dos anos 2000 ao conquistar o bicampeonato em 2005 e 2006.

O piloto de 36 anos, que atualmente está na McLaren, teve disputas intensas com o alemão. Ao ser questionado sobre sua memória de Schumi, Alonso foi bastante sincero. ?Ele era um concorrente difícil. Essa é a primeira coisa que vem à mente?.

?(Ele) foi muito rápido, era intimidador em alguns momentos. Rendia mais do que o esperado às vezes, inclusive em algumas corridas de 2006, quando os pneus Bridgestone e Michelin rendiam de maneiras diferentes?, declarou o bicampeão mundial. ?Era incrível! Supercompetitivo, um concorrente muito duro e um grande, grande piloto?.

Além disso, Fernando Alonso foi perguntado sobre que piloto ele escolheria para ter como companheiro de equipe. A escolha do espanhol foi o brasileiro Ayrton Senna, que conquistou três títulos mundiais.

?Certamente com Senna, para poder ver ele. Porque quando eu era criança, eu o seguia e tinha aquela McLaren vermelha e branca? Dividir equipe com ele seria fantástico?, finalizou o principal piloto da McLaren.

Gazeta Esportiva

TAGS