PUBLICIDADE
Esportes

?Renault é a equipe que mais evolui na F1?, afirma piloto espanhol

Perto de acabar a temporada da Fórmula 1 de 2017, o piloto Carlos Sainz afirmou estar empolgado com o ano de 2018. Depois de trocar a Toro Rosso pela Renault, sua nova equipe nesse ano, o espanhol ressaltou que acredita que a construtora francesa é uma das mais estruturadas e com capacidade de dar resultado [?]

08:30 | 18/11/2017

Perto de acabar a temporada da Fórmula 1 de 2017, o piloto Carlos Sainz afirmou estar empolgado com o ano de 2018. Depois de trocar a Toro Rosso pela Renault, sua nova equipe nesse ano, o espanhol ressaltou que acredita que a construtora francesa é uma das mais estruturadas e com capacidade de dar resultado nas próximas edições.

?Espero um passo adiante para o ano que vem. Vi como a equipe tem mais nível desde 2016 até agora em termos de ritmo e assim por diante. Sou muito positivo depois de ver as pessoas motivadas e cheias de energia para seguir levando o time para cima e acredito que somos muito capazes disso?, ressaltou Sainz em entrevista à imprensa mundial.

O piloto espanhol também afirmou que sua equipe é uma das mais preparadas para crescer na Fórmula 1 os próximos anos. ?Se há uma equipe com recursos e capacidade para fechar essa lacuna com os que estão adiante, esta é a Renault. Vi em Enstone todo o investimento e a infraestrutura e só posso dizer que levará o time à frente. São os mais rápidos no crescimento?.

?Tudo o que aprendi na Toro Rosso está me ajudando neste novo desafio e como eu encaro isso. Agradeço a vocês por esses três anos produtivos. Obviamente, o estilo de condução é diferente, ainda tenho que me adaptar ao carro e saber como levá-lo a diferentes cenários. Tudo o demais é útil.Toda minha filosofia de trabalho e minha maneira de fazê-lo não estão mudando nada neste novo time, mas é claro que posso estar muito feliz com meu relacionamento com meus engenheiros?, finalizou Sainz.

Nesta temporada, Sainz fez uma boa temporada e, apesar de ainda faltar o GP de Abu Dabhi para encerrar o calendário da Fórmula 1, o piloto terminará em uma posição bastante promissora. No momento, o espanhol está na nona posição do ranking, com 54 pontos, à frente por exemplo de Felipe Massa, piloto brasileiro que fará sua última corrida no segmento no próximo dia 26.

Gazeta Esportiva

TAGS