PUBLICIDADE
Esportes

Fora de casa, Taubaté derrota o Montes Claros pela Superliga

Neste domingo, mesmo jogando fora de casa, o Taubaté começou bem, mas teve muitas dificuldades em vencer o Montes Claros por 3 sets a 2, com parciais de 25/21, 25/23, 23/25, 17/25 e 15/6, em duelo válido pela sétima rodada da Superliga masculina de vôlei. Com o resultado, a equipe do interior de São Paulo [?]

17:00 | 19/11/2017

Neste domingo, mesmo jogando fora de casa, o Taubaté começou bem, mas teve muitas dificuldades em vencer o Montes Claros por 3 sets a 2, com parciais de 25/21, 25/23, 23/25, 17/25 e 15/6, em duelo válido pela sétima rodada da Superliga masculina de vôlei.

Com o resultado, a equipe do interior de São Paulo alcançou sua oitava vitória na competição, contando apenas com um revés. Por outro lado, o Montes Claros permanece em má fase, já que soma apenas um triunfo e seis derrotas na tabela.

O primeiro set não teve muitos sustos para o time de Taubaté. Na parcial, o clube paulista chegou a abrir 20 a 15, ficando em boa posição para fechar a rodada em 25 a 21. Na segunda disputa, os comandados do argentino Daniel Castellani tiveram que superar um marcador adverso de cinco pontos de diferença na reta inicial, para igualmente conquistar a vitória por 25 a 23.

O terceiro set viu uma inversão do panorama do confronto. Dessa vez, foi o Montes Claros que ficou predominantemente na liderança do placar, sem sofrer sustos. O time mineiro venceu a parcial por 25 a 23.

A confirmação da recuperação da equipe de Minas Gerais veio na quarta rodada. Sem dificuldades, os mandantes venceram por 25 a 17 e levaram a partida para o tie-break, set de desempate.

Na parcial decisiva, o Taubaté se recuperou e novamente mostrou dominância. Encontrando muita facilidade, venceu o set por 15 a 6, decretando sua oitava vitória na tabela.

Na outra partida deste domingo pela Superliga masculina de vôlei, a equipe do Sesc-RJ venceu, fora de casa, o Juiz de Fora, por 3 sets a 0, com parciais de 25/17, 25/18 e 25/22, brigando pela vice-liderança da competição com o próprio Taubaté e o Sesi de São Paulo.

Por outro lado, o JF Vôlei continua sem marcar pontos na disputa, acumulando uma série de derrotas e ainda sem vencer na Superliga.

Gazeta Esportiva

TAGS