PUBLICIDADE
Esportes

Em autoavaliação, Valdívia vê justiça em ser reserva

Nos últimos jogos, o meia Valdívia caiu drasticamente de rendimento. O resultado disso foi ganhar uma vaga no banco de reservas contra o Santos, no último fim de semana. Segundo o jogador, virar opção fora foi merecido por seu rendimento. ?Ainda não sabemos quem vai jogar, se sou eu ou o Luan. Quem for jogar [?]

15:00 | 07/11/2017

Nos últimos jogos, o meia Valdívia caiu drasticamente de rendimento. O resultado disso foi ganhar uma vaga no banco de reservas contra o Santos, no último fim de semana. Segundo o jogador, virar opção fora foi merecido por seu rendimento.

?Ainda não sabemos quem vai jogar, se sou eu ou o Luan. Quem for jogar vai estar preparado. A questão de ter ido para o banco foi por ter ido mal contra o Botafogo. Mereci, sim, ir para o banco, mas estou com a cabeça tranquila. Quem está ali no banco pode ser utilizado pelo professor?, salientou.

A ida para o banco de reservas, no entanto, não representa problemas e ele está com a cabeça no lugar para trabalhar e recuperar seu lugar no time.

?Cada jogo tento mostrar meu futebol. Às vezes não vou estar bem, mas a cabeça tem que estar boa. Sei que tenho que melhorar. Mesmo quando faço gol, não fico me achando e sei que tenho que jogar muito mais o que o gol?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS