PUBLICIDADE
Esportes

Após Dele Alli, Inglaterra também corta Harry Kane e Winks de amistosos

Após o corte de Dele Alli, a seleção inglesa anunciou nesta segunda-feira que Harry Kane e Harry Winks também não estarão presentes nos amistosos contra a Alemanha e Brasil, nos próximos dias 10 e 14 de novembro, respectivamente. A dupla do Tottenham foi submetida a testes físicos pelo departamento médico do clube, que achou melhor [?]

18:45 | 06/11/2017

Após o corte de Dele Alli, a seleção inglesa anunciou nesta segunda-feira que Harry Kane e Harry Winks também não estarão presentes nos amistosos contra a Alemanha e Brasil, nos próximos dias 10 e 14 de novembro, respectivamente. A dupla do Tottenham foi submetida a testes físicos pelo departamento médico do clube, que achou melhor não liberá-los para defender a equipe nacional.

Por conta do desfalque dos jogadores do Tottenham, o meia Jake Livermore, do West Bromwich, foi convocado por Gareth Southgate. Livermore foi o segundo atleta lembrado pela seleção inglesa nesta segunda-feira por conta de perdas inesperadas. Além do meia, o zagueiro Michael Keane, do Everton, também foi lembrado pela comissão técnica.

Tido como a principal arma ofensiva da Inglaterra, Harry Kane é o desfalque mais importante do time para os amistosos dos próximos dias. Em ótima fase no Tottenham, o camisa 9 era uma das grandes esperanças da comissão técnica para que a seleção pudesse vencer os difíceis confrontos em Wembley.

Após ser eliminada precocemente na Eurocopa do ano passado, sendo superada pela surpresa Islândia nas oitavas de final, a seleção inglesa terá dois grandes testes neste mês de novembro. Os Três Leões irão encarar nada mais, nada menos que duas das seleções favoritas ao título mundial na Rússia, no ano que vem, e justamente por isso a ausência dos principais jogadores do time está sendo sentida.

Gazeta Esportiva

TAGS