PUBLICIDADE
Esportes

Suspenso, Fagner elogia substituto Léo Príncipe e crê em boa atuação

O lateral direito Fagner não atuará diante do Coritiba na próxima quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro, por conta de suspensão causada pelo terceiro cartão amarelo. A tendência é de que o jovem Léo Príncipe seja o substituto. Apesar de nunca ter se firmado como uma opção confiável para a suplência do titular da posição, o camisa [?]

09:15 | 07/10/2017

O lateral direito Fagner não atuará diante do Coritiba na próxima quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro, por conta de suspensão causada pelo terceiro cartão amarelo. A tendência é de que o jovem Léo Príncipe seja o substituto.

Apesar de nunca ter se firmado como uma opção confiável para a suplência do titular da posição, o camisa 2 tem o apoio de seu parceiro de posição. ?Ele está se preparando bem e espero que entre e faça um jogo tranquilo. Todos vão ajudar ele também?, disse Fagner, quando perguntado sobre o parceiro na coletiva da última sexta-feira.

O experiente ala, inclusive convocado para a Seleção Brasileira em algumas ocasiões, falou sobre sua relação com Léo e elogiou muito o jogador de 21 anos, que tem 18 jogos e um gol com a camisa do Timão.

?É um menino muito bom, tem treinado bem, buscado sua evolução no dia-a-dia. Tenho o prazer de concentrar com ele, somos muito próximos?, enalteceu o lateral titular.

Perguntado sobre como costuma ser os dias de jogo quando não pode entrar em campo, o camisa 23 explicou que gosta de se manter em contato com o grupo e reiterou que costuma ir ao estádio para assistir.

?É um dia normal, geralmente treina de manhã se o jogo é à noite. É opcional ir no jogo ou não, mas eu acho legal estar junto, salvo alguma exceção. Mas é legal estar no vestiário e mostrando forças para os companheiros?, finalizou.

Sem Fagner, os comandados de Fábio Carille buscarão os três pontos contra o Coxa para se aproximarem ainda mais do título brasileiro. Com 55 pontos, são oito de vantagem para o segundo colocado Santos, que tem 47. Um triunfo também encerra série de dois jogos sem vencer, com empates contra São Paulo e Cruzeiro.

Gazeta Esportiva

TAGS