PUBLICIDADE
Esportes

Rony Jason presta depoimento à Polícia sobre caso de agressão

Atleta é suspeito de agredir a própria irmã em uma festa no município de Quixadá, interior do Ceará

19:09 | 16/10/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

O lutador cearense do Ultimate Fighting Championship (UFC), Rony Jason, prestou depoimento na Delegacia da Defesa da Mulher (DDM) de Quixadá, na quarta-feira, 11. A informação foi confirmada pela delegada titular da unidade policial, Janaína Siebra. O atleta quixadaense é suspeito de agredir a própria irmã em uma festa no município no interior do Ceará, no último dia 7 de outubro.

Para não atrapalhar as investigações, a delegada preferiu não passar detalhes sobre o caso. A titular da DDM de Quixadá adiantou apenas que continua ouvindo as partes envolvidas. A irmã do atleta já foi ouvida pela Polícia.

A agressão de Rony Jason à irmã foi filmada e o vídeo viralizou no aplicativo de mensagens WhatsApp, chegando ao conhecimento da Polícia Civil, que passou a investigar o caso.

A irmã do lutador agredida não chegou a procurar à DDM de Quixadá para realizar um Boletim de Ocorrência. "Como se trata de uma ação penal pública incondicionada, o inquérito será instaurado independente da vontade da vítima. Ocorreu uma lesão corporal dolosa no âmbito da Lei Maria da Penha", explicou a delegada Janaína.

Desde que o caso se tornou público, o lutador Rony Jason não se pronunciou. O POVO Online não localizou o atleta.

TAGS