PUBLICIDADE
Esportes

Eduardo Baptista exalta jogo coletivo e vitória com ?a cara da Ponte?

Após três jogos sem vencer, a Ponte Preta conseguiu um importante triunfo conta o líder Corinthians, neste domingo, em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a Macaca deixa a zona do rebaixamento e segue firme na luta pela permanência na série A, o que foi comemorado pelo treinador Eduardo Baptista. [?]

12:30 | 30/10/2017

Após três jogos sem vencer, a Ponte Preta conseguiu um importante triunfo conta o líder Corinthians, neste domingo, em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, a Macaca deixa a zona do rebaixamento e segue firme na luta pela permanência na série A, o que foi comemorado pelo treinador Eduardo Baptista.

?Era um jogo que tínhamos que ganhar. O grupo precisava desse resultado. Nós tínhamos uma situação para o segundo tempo caso o gol não saísse. Felizmente fizemos. A vitória foi do grupo e da convicção no trabalho. Então o resultado de ontem foi importante principalmente porque a garra e a organização prevaleceram sobre uma grande equipe, que é a melhor do Brasileiro hoje. Ficamos contentes em ver a disposição, a ideia comprada pelos atletas. Nos deixa bastante orgulhosos de ver a alegria no rosto dos jogadores e do torcedor. É muito gratificante?, celebrou o técnico, que chegou a subir no alambrado no momento do gol do Lucca.

Baptista também elogiou a atuação da equipe no jogo e enalteceu o sistema defensivo: ?O time teve a cara da Ponte Preta e é assim que tem que ser: time aguerrido, que teve coragem de jogar, enfrentou o líder de igual para igual. Fez um primeiro tempo em que se tivesse que sair um vencedor teria que ser a Ponte. Não deixou o Corinthians articular. Eu sabia que ia enfrentar o melhor centroavante do futebol brasileiro e sabia que os meus dois melhores zagueiros eram o Yago e o Rodrigo, por essa bola no alto. O Corinthians chegou pouco por dentro, mais com bolas alçadas, onde o Jô dá muito trabalho, mas nós tivemos muito sucesso nesse ponto?.

O comandante ainda comentou sobre o próximo compromisso diante do Bahia e da necessidade de vencer para escapar do rebaixamento, pregando calma e dedicação: ?Nós temos que ganhar jogo. Temos que pontuar em Salvador. São sete jogos que restam e precisamos ganhar. Uma hora a nota de corte está em 46 e depois o matemático fala em 42, mas o matemático nunca disputou um Campeonato Brasileiro. Temos que fazer a nossa parte. Ontem foi uma vitória importante, em um momento muito importante. Agora é pé no chão, trabalhar a semana, para jogar contra o Bahia?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS