PUBLICIDADE
Esportes

Piloto da MotoGP lesiona dedo e tendão em acidente com faca

Piloto da equipe LCR Honda, Cal Crutchlow passou por um grande susto no último domingo. Em comunicado divulgado nesta segunda-feira, o motociclista britânico da MotoGP revelou que sofreu um acidente com uma faca no final de semana e cortou o dedo indicador da mão esquerda. O ocorrido fez com que ele lesionasse um tendão da mão. [?]

22:30 | 04/09/2017

Piloto da equipe LCR Honda, Cal Crutchlow passou por um grande susto no último domingo. Em comunicado divulgado nesta segunda-feira, o motociclista britânico da MotoGP revelou que sofreu um acidente com uma faca no final de semana e cortou o dedo indicador da mão esquerda. O ocorrido fez com que ele lesionasse um tendão da mão. A participação no GP de San Marino, porém, está assegurada.

No comunicado, Cal Crutchlow afirmou que sofreu o acidente no domingo, mas só procurou a emergência na segunda-feira, já que seu dedo não parava de sangrar. Após passar com um médico, ele teve que realizar uma microcirurgia para religar o tendão.

Apesar do susto, o britânico afirmou que já consultou um especialista e faz um tratamento intensivo para ter condições de disputa no GP de San Marino neste final de semana. O piloto, porém, admitiu que não deve estar em 100% de suas condições e terá que fazer um esforço para ter um bom desempenho.

Cal Crutchlow vem de um ótimo resultado na MotoGP, já que terminou o GP da Grã-Bretanha, realizado no final de semana retrasado, na quarta posição. Na classificação geral de 2017, o britânico é o oitavo.

Confira o comunicado de Cal Crutchlow divulgado pela LCR Honda: 

?Infelizmente, cortei meu dedo com uma faca no último domingo e isto também lesionou o tendão da mão esquerda. Eu dormi com o corte, mas como continuou a sangrar de manhã, eu procurei o setor de emergência do Hospital Pistoia, aonde fui examinado pelo Dr. Riccardo Simonti. Ele descobriu que meu tendão estava lesionado. Eu então fiz uma operação no dedo para religar o tendão e suturá-lo. Eu fui muito bem cuidado no hospital, eles fizeram um bom trabalho. Desde então, eu visitei um especialista em mãos em Parma, que está realizando um tratamento para me dar a melhor oportunidade para dar o meu melhor no GP de San Marino neste final de semana. Eu sei que será difícil, mas eu tentarei dar 100% de meu potencial sempre. Vamos ver como isso se desenvolve?

Gazeta Esportiva

TAGS