PUBLICIDADE
Esportes

Patrícia Freitas será a primeira brasileira a velejar na raia de Tóquio 2020

O ciclo olímpico para Tóquio 2020 já começou e Patrícia Freitas será a primeira velejadora brasileira a competir na raia que será utilizada nos próximos Jogos Olímpicos. A atleta de 27 anos irá disputar o Campeonato Mundial de RS:X, que será realizado em Enoshima Yacht Harbor e começa na segunda-feira. ?Deu para conhecer um pouco [?]

20:30 | 15/09/2017

O ciclo olímpico para Tóquio 2020 já começou e Patrícia Freitas será a primeira velejadora brasileira a competir na raia que será utilizada nos próximos Jogos Olímpicos. A atleta de 27 anos irá disputar o Campeonato Mundial de RS:X, que será realizado em Enoshima Yacht Harbor e começa na segunda-feira.

?Deu para conhecer um pouco da raia nos dias de treino, mas ainda não é possível dizer muita coisa. O vento tem estado fraco, com ondas grandes no mar. Pelo que vi, a condição é variada, o vento vem de várias direções. Mas tem um tufão previsto para domingo e segunda-feira. A previsão está bem extrema?, disse Patrícia.

Apesar de 2020 ainda estar longe, a experiência permite que a velejadora brasileira comece a conhecer o local de competição das próximas Olimpíadas. Neste ano, Patrícia Freitas foi bem em todas as competições internacionais que disputou, terminando sempre no top 5. Ela, inclusive, conquistou a medalha de ouro na Final da Copa do Mundo em Santander, na Espanha.

O Mundial de RS:X feminino contará com 67 atletas e as regatas irão até o dia 23 de setembro. As medalhistas de ouro e prata no Rio 2016 irão participar da competição. ?O campeonato vai ser bem competitivo. O nível está muito alto. Os principais velejadores vieram em massa. Vai ser legal de correr para testar a raia?, completou Patrícia.

Gazeta Esportiva

TAGS