PUBLICIDADE
Esportes

Napoli vence Bologna e mantém 100% no Campeonato Italiano

Precisando vencer para não deixar a Juventus e Inter de Milão se distanciarem na liderança do Campeonato Italiano, o Napoli visitou o Bologna neste domingo e não decepcionou sua torcida. Depois de um primeiro tempo monótono, a equipe comandada pelo técnico Maurizio Sarri voltou para a etapa complementar inspirada e construiu o 3 a 0 [?]

17:45 | 10/09/2017

Precisando vencer para não deixar a Juventus e Inter de Milão se distanciarem na liderança do Campeonato Italiano, o Napoli visitou o Bologna neste domingo e não decepcionou sua torcida. Depois de um primeiro tempo monótono, a equipe comandada pelo técnico Maurizio Sarri voltou para a etapa complementar inspirada e construiu o 3 a 0 graças ao bom desempenho do trio de ataque composto por Insgine, Mertens e Callejon.

Com nove pontos em três jogos, o Napoli vem mostrando que nesta temporada a soberania da Juventus na Itália pode acabar. Ciente da importância de seguir na cola dos atuais hexacampeões nacionais, o time do sul da Itália parece pronto para voltar a conquistar o scudetto, o que não acontece desde a temporada 1986/87, quando Diego Maradona ainda defendia a equipe.

O Bologna começou o duelo melhor. Aos 12 minutos Pepe Reina teve de mostrar serviço e fez grande defesa em chute de longe de Simone Verdi, que obrigou o goleiro do Napoli a se esticar para evitar o gol, voando no ângulo direito e mandando a bola para escanteio. Já aos 19 minutos foi a vez de Masina levar a torcida à loucura ao balançar as redes, porém, o árbitro da partida já havia marcado posição irregular do lateral-esquerdo.

Sem conseguir infiltrar na defesa dos donos da casa, o Napoli seguia esperando o momento certo para atacar e abrir o placar. Mertens e Insigne surgiam como as principais armas ofensivas do time do sul da Itália, entretanto, ninguém conseguiu fazer a equipe sair do zero no marcador e com isso tiveram de ir para o intervalo com o empate.

O dia não vinha sendo muito favorável ao Bologna. Aos 15 minutos do segundo tempo o time da casa teve uma chance incrível para, enfim, abrir o placar, porém, a falta de sorte acabou prevalecendo. Em boa enfiada de bola, Palacio finalizou firme, Pepe Reina defendeu e, no rebote, a bola acabou desviando na zaga do Napoli, encobrindo o goleiro. Antes de entrar, porém, a defesa conseguiu afastar o perigo.

O Napoli, por sua vez, procurou aproveitar a maré de azar do adversário para construir sua vantagem no jogo. Aos 21 minutos Insigne fez um lindo cruzamento para Callejon, que nas costas do zagueiro precisou apenas empurrar para o fundo das redes. Depois, Mertens, aos 38, em arrancada, marcou o segundo, finalizando por baixo das pernas do goleiro rival e sacramentando o triunfo da equipe celeste.

Antes do apito final, aos 44 minutos, ainda deu tempo de Zielinski, que substituiu Hamsik, aproveitar o bom passe de Callejon para bater certeiro e finalizar os trabalhos do Napoli em Bolonha.

 

Gazeta Esportiva

TAGS