PUBLICIDADE
Esportes

Hernanes compara clássico com luta de boxe e espera presentear torcida

Desde que voltou ao São Paulo, Hernanes vem sendo peça-chave no esquema do técnico Dorival Jr. Agregando ao meio-campo, ele já balançou as redes sete vezes e evitou tropeços ainda maiores do Tricolor neste Campeonato Brasileiro. Vindo de uma vitória fora de casa contra o Vitória, concorrente direto na luta para se livrar da zona [?]

12:45 | 19/09/2017

Desde que voltou ao São Paulo, Hernanes vem sendo peça-chave no esquema do técnico Dorival Jr. Agregando ao meio-campo, ele já balançou as redes sete vezes e evitou tropeços ainda maiores do Tricolor neste Campeonato Brasileiro. Vindo de uma vitória fora de casa contra o Vitória, concorrente direto na luta para se livrar da zona de rebaixamento, e prestes a enfrentar o Corinthians no próximo domingo, no Morumbi, o Profeta comparou o clássico à uma luta de boxe.

?Temos que saber que a gente é como um boxeador. Se defende também, sem abrir mão do que a gente tem treinado, que é tentar manter a posse de bola, e golpeando, mas sem sair da nossa organização?, disse Hernanes nesta terça-feira após o treino no CCT da Barra funda.

A organização tática, inclusive, foi um dos aspectos mais citados por Hernanes ao longo da entrevista. Ciente da necessidade de o time se manter bem estruturado defensivamente mesmo quando vai ao ataque, o Profeta vê uma notável melhora no desempenho da equipe de Dorival Jr no Campeonato Brasileiro.

?A gente vem melhorando nessa questão da organização, da consistência tática. Contra o Palmeiras, a gente poderia ter ganho o jogo, fazer um, dois gols. Poderíamos ter matado o jogo. O que não pode, se a gente não matar, é não estar organizado. Vamos golpear o adversário, mas sem nos desguarnecer, sem nos desorganizar?, prosseguiu.

Para o clássico contra o Corinthians, a tendência é que a torcida do São Paulo esgote todos os ingressos disponíveis. Mais confiantes, os são-paulinos esperam uma nova vitória, desta vez sobre o maior rival, para afastar de vez a crise que assola o clube há tempo. Preparado para enfrentar um adversário que vive uma situação completamente oposta na temporada, Hernanes crê que o confronto vem em uma boa hora.

?[O jogo] chega em um momento interessante, porque, no meu modo de ver, a gente conseguiu uma vitória com consciência, com solidez, com concentração. A equipe vinha amadurecendo, crescendo, mas faltava essa atenção aos detalhes. A gente chega em um momento bacana, interessante da equipe. Precisamos dos três pontos e dar um presente à torcida que vai comparecer em massa ao Morumbi mais uma vez. Isso por si só fala sobre a importância do jogo?, concluiu Hernanes.

Gazeta Esportiva

TAGS