PUBLICIDADE
Esportes

Brasil é 13º e não chega às finais no Mundial de Ginástica Rítmica

Disputando o Campeonato Mundial de Ginástica Rítmica em Pesaro, na Itália, a Seleção Brasileira ficou com a 13ª colocação geral, na luta por equipes, e não alcançou a final das séries de cinco arcos e três cordas e duas bolas. Nas provas individuas, Natália Gaudio e Karine Walter terminaram respectivamente em 35ª e 65ª colocadas. [?]

19:30 | 02/09/2017

Disputando o Campeonato Mundial de Ginástica Rítmica em Pesaro, na Itália, a Seleção Brasileira ficou com a 13ª colocação geral, na luta por equipes, e não alcançou a final das séries de cinco arcos e três cordas e duas bolas. Nas provas individuas, Natália Gaudio e Karine Walter terminaram respectivamente em 35ª e 65ª colocadas. Ambas também não seguem na luta pelo pódio.

Na competição em grupo, o Brasil precisava estar entre os oito melhores desempenhos para seguir às finais. O time, formado por Alanis Avila, Francielly Pereira, Gabrielle Silva, Heloísa Bornal, Jessica Maier e Marine Vieira, fez a primeira apresentação na série de cinco arcos e somou 16.050 pontos, 13ª posição no ranking da prova ? para avançar era preciso ter, pelo menos, 17.300.

As atletas voltaram ao solo para a série de três cordas e duas bolas, onde marcaram 15.650 e ficaram, novamente, com a 13ª colocação.  A equipe chinesa conquistou a última de oitos vagas, com 16.950 pontos.

Ao todo, na disputa, o Brasil ficou com a 13ª posição, de 29 totais, acumulando 31.700 pontos. A Rússia, equipe número um no ?all-round?, somou 37.700 e foi seguida pela Bulgária (36.950) e pelo Japão (36.650).

Gazeta Esportiva

TAGS