PUBLICIDADE
Esportes

Após série de vitórias, Sasha vê Inter como ?time a ser batido?

O Internacional vive um momento tranquilo na Série B. O time gaúcho se consolidou na liderança do torneio e vem embalado por seis vitórias consecutivas. Neste sábado, caso vença o Juventude, o Colorado pode atingir a marca histórica de sete vitórias seguidas. O único time que alcançou esta série foi o Corinthians em 2008. Com [?]

20:45 | 07/09/2017

O Internacional vive um momento tranquilo na Série B. O time gaúcho se consolidou na liderança do torneio e vem embalado por seis vitórias consecutivas. Neste sábado, caso vença o Juventude, o Colorado pode atingir a marca histórica de sete vitórias seguidas. O único time que alcançou esta série foi o Corinthians em 2008.

Com vista nos números do Inter na Segunda Divisão, o atacante Eduardo Sasha destacou que a equipe se tornou o time a ser batido no Campeonato. ?Após essas seis vitórias consecutivas, acho que a gente é um time a ser batido. Todos os times adversários vão querer quebrar essa sequência do Inter. Talvez para ter uma vitrine maior por ter encerrado. Ainda mais quando se trata do Juventude, que um adversário que sempre nos trouxe bastante dificuldade. Mas a gente sabe o caminho e temos que manter a mesma forma que a gente tava antes da parada. Temos que ir para Caxias com a mesma vontade que vínhamos jogando para buscar os três pontos fora de casa, que são muito importantes?, disse o jogador em coletiva após o treino da tarde desta quinta-feira, no CT Parque Gigante.

Sasha também destacou que a pausa de 15 dias na Série B tem um lado bom e ruim. ?Ter a semana cheia de trabalhos é sempre bom para poder ajustar as coisas que não vem saindo do jeito que a gente quer. Nós vínhamos num grande momento de 6 vitórias consecutivas e, então, talvez não era o momento que a gente queria ter parado. Mas a gente vinha também de muitos jogos seguidos e isso (a pausa) ajudou para que a gente pudesse se recuperar. Nós estamos prontos para continuar com a sequência que vínhamos tendo de vitórias. Acho que o grupo soube aproveitar muito bem as duas semanas que teve?, afirmou.

A dúvida para o confronto contra o Juventude é o meia argentino D?Alessandro. O jogador sentiu dores na coxa direita e teve constatado um edema muscular. O atleta ainda não treinou com a equipe na semana e deve ser ausência. Caso se confirme, o volante Felipe Gutiérrez é o mais cotado para substituir o companheiro. O atacante Eduardo Sasha ressaltou que os dois jogadores possuem semelhanças. ?O Gutiérrez e o D?Alessandro têm características parecidas, têm qualidade de enfiada de bola, de último passe para conclusão. O lado bom do nosso grupo é que o Guto vem treinando os dois times, independente de quem vem jogando. Acho que caso o D?Ale não venha poder entrar no jogo quem entrar vai saber o que fazer. Ainda não tem nada definido de quem vai jogar. Talvez o D?Ale possa estar presente no jogo para nos dar a sequência que a gente vem tendo do mesmo time. Então, acho que é esperar e ver amanhã como vai ser no decorrer do dia. Esta é a dúvida para o jogo?, observou.

Gazeta Esportiva

TAGS