PUBLICIDADE
Esportes

Hulkenberg se diz impressionado com teste de Kubica na Hungria

O desempenho de Robert Kubica sobre um carro Renault, no teste da última semana, em Budapeste, na Hungria, surpreendeu Nico Hulkenberg. Ao completar 142 voltas em um circuito considerado difícil, após ficar seis anos sem acelerar um carro de Fórmula 1, o polonês foi elogiado pelo alemão, atual piloto da escuderia francesa, nesta terça-feira, em [?]

13:37 | 08/08/2017

O desempenho de Robert Kubica sobre um carro Renault, no teste da última semana, em Budapeste, na Hungria, surpreendeu Nico Hulkenberg. Ao completar 142 voltas em um circuito considerado difícil, após ficar seis anos sem acelerar um carro de Fórmula 1, o polonês foi elogiado pelo alemão, atual piloto da escuderia francesa, nesta terça-feira, em entrevista ao Autosport, e as especulações para a próxima temporada aumentam.

?Eu tive algumas informações e obviamente vi os tempos de volta. Acho que para ele pessoalmente foi um ótimo retorno. Após o grave acidente e as lesões, ele voltar e dirigir um carro de Fórmula 1 moderno, e fazer 140 voltas assim, é bastante impressionante. Especialmente em uma pista como Budapeste, que é muito física. Então, o respeito por isso?, disse o alemão.

As especulações de que Kubica seja o provável companheiro de Hulkenberg na próxima temporada, na equipe francesa, aumentam ? ainda mais depois deste teste na Hungria. Ao que tudo indica, o polonês pode substituir Jolyon Palmer, que teve a presença garantida pela Renault pelo menos na etapa de Spa-Francorchamps, no final de agosto.

Sobre o assunto, Hulkenberg preferiu se esquivar: ?Não tenho certeza do que vai acontecer, o que a Renault quer fazer, mas o teste foi bom, penso eu?, afirmou o piloto durante a entrevista.

Kubica estreou na Fórmula 1 pela equipe BMW-Sauber, em 2006. No ano seguinte, um acidente impressionante no GP do Canadá quase interrompeu a carreira do piloto na categoria máxima do automobilismo, mas ele se recuperou e venceu na mesma pista em 2008. No começa de 2011, quando já atuava pela Renault, um acidente em uma prova de rali paralisou sua carreira: Kubica teve uma grave lesão no antebraço direito e precisou abandonar as pistas.

Gazeta Esportiva

TAGS