PUBLICIDADE
Esportes

Criticado após derrota, Kazim é poupado por companheiro

Substituindo Jô, suspenso por receber o terceiro cartão amarelo, Kazim foi um dos jogadores mais criticados na derrota do Corinthians para o Atlético-GO, em Itaquera, por 1 a 0. Lanterna do campeonato, a equipe goiana conquistou um resultado surpreendente no último sábado, contando, inclusive, com uma atuação milagrosa do goleiro Marcos. Inconformada com o revés [?]

18:15 | 30/08/2017

Substituindo Jô, suspenso por receber o terceiro cartão amarelo, Kazim foi um dos jogadores mais criticados na derrota do Corinthians para o Atlético-GO, em Itaquera, por 1 a 0. Lanterna do campeonato, a equipe goiana conquistou um resultado surpreendente no último sábado, contando, inclusive, com uma atuação milagrosa do goleiro Marcos. Inconformada com o revés improvável, a Fiel não perdoou o atacante inglês naturalizado turco, porém, o grupo segue o apoiando.

Questionado sobre a ira da torcida com o desempenho de Kazim em campo, Marquinhos Gabriel aconselhou seu companheiro de equipe e crê que, com essas duas semanas de treinamento, o atacante irá recuperar a confiança.

?Tem que continuar trabalhando, no treinamento a confiança volta. Fazia tempo que ele não jogava, foi o primeiro jogo dele como titular no Campeonato Brasileiro, então ele precisa de ritmo de jogo. Pode parecer clichê, mas a gente sente a diferença quando não joga?, comentou Marquinhos Gabriel.

Embora a torcida tenha feito Kazim de bode expiatório, Marquinhos Gabriel também procurou elogiar o desempenho do Atlético-GO, que não sentiu a pressão da Arena Itaquera lotada e se manteve organizado durante os 90 minutos para frear o ímpeto dos donos da casa. Grande parte do triunfo rubro-negro se deve, para o meia, à grande atuação do goleiro Marcos.

?Acho que tem um pouquinho de mérito da outra equipe também. Claro que tivemos alguns errinhos que podem ser consertados, mas o goleiro do Atlético-GO pegou tudo no jogo, bolas indefensáveis. Claro que não estou tirando a responsabilidade da nossa equipe, precisávamos vencer o jogo, mas a gente vem trabalhando nesses detalhes para não errar mais. É só uma questão de ajuste mesmo?, completou o camisa 31 do Corinthians.

Gazeta Esportiva

TAGS