PUBLICIDADE
Esportes

Ferrari e Mercedes não pretendem realizar uma parceria com McLaren

10:32 | 19/07/2017
NULL
NULL
[FOTO1] 2 pontos em dez corridas, este é o atual momento da McLaren na temporada de Fórmula Um. Na visão da equipe, um motivo em especial tem causado este aproveitamento ruim nas pistas: o atual motor produzido pela sua parceira Honda. Descontente com os serviços prestados pela empresa japonesa, a McLaren já planeja procurar uma nova responsável pelos seus motores.
 
Porém, segundo informações reveladas pelo Motorsport, duas grandes potências na área de motores já teriam negado a parceria com a montadora inglesa: Ferrari e Mercedes. Concorrentes diretas na Fórmula 1, as empresas não estariam interessadas em realizar um acordo com uma forte concorrente. Sem enumerar nomes, o diretor executivo da McLaren, Zak Brown, indicou a recusa.
 
“Somos uma ótima equipe. A McLaren já mostrou habilidade de vencer corridas e campeonatos. Mas acho que muitas outras equipes estão gostando de nos ver onde estamos hoje. Eles temem que nós possamos voltar a ser uma ameaça, o que é um medo compreensível”, afirmou em entrevista à emissora inglesa Sky Sports.
 
A procura por uma nova fabricante de motores é essencial para a montadora inglesa, que deseja de todas as formas manter Fernando Alonso em seu plantel. Para cumprir este objetivo, ter um carro competitivo será essencial. Com as negativas e levando em conta que a Honda não conseguirá apresentar os resultados necessários, a única alternativa restante à McLaren é a Renault. No entanto, segundo o portal, a fabricante francesa não possui o interesse de ampliar suas parcerias neste momento.
Gazeta Press
TAGS