PUBLICIDADE
Esportes

Brasil vence a Bélgica e segue na busca por vaga na fase final do Grand Prix

Atual campeã do Grand Prix, a Seleção Brasileira busca o seu 13º título

20:11 | 20/07/2017
NULL
NULL
[FOTO1] O Brasil estreou nesta quinta na terceira semana do Grand Prix com vitória sobre a Bélgica por 3 sets a 0 e deu o primeiro passo para para garantir a classificação na fase final. Nesta temporada, as brasileiras já haviam vencido as belgas pelo mesmo placar na primeira semana do torneio, em Ancara, na Turquia. Desta vez, jogando em casa, em Cuiabá, a Seleção Brasileira demonstrou algumas fragilidades, teve muitos altos e baixos, mas foi melhorando seu desempenho no decorrer do jogo. As parciais foram de 28/26, 25/19 e 25/20.

O primeiro set foi marcado com um ataque eficiente, porém muitas falhas na recepção. A Bélgica começou melhor e as brasileiras, muitas tensas, não conseguiam se achar em quadra, deixando as adversárias abrirem boa vantagem: na primeira parada obrigatória do jogo, a Bélgica tinha o dobro de pontos do Brasil. Mesmo atrás no placar durante quase todo o primeiro set, o time de José Roberto Guimarães cresceu no final e com belos rallys, fechou o primeiro set em 28/26.

Diferente do que mostra o placar, o segundo set foi mais parelho, disputado ponto a ponto. O diferencial da equipe brasileira foi o bloqueio que melhorou muito, enquanto a recepção continuou sofrendo. O Brasil conseguiu abrir boa vantagem no final e Tandara, explorando bem a rede, fechou o segundo set com seis pontos de diferença – 25/19.

O terceiro set começou apertado, mas o Brasil logo dominou a partida. Com Natália e Tandara tomando conta do jogo, a Seleção conseguiu abrir 24/17. Mas a Bélgica não desistiu. O time ainda desperdiçou três chances de fechar o confronto, porém conseguiu garantir a vitória com 25/20 no terceiro set.

Após a partida, Zé Roberto Guimarães destacou o bloqueio como melhor fundamento do time. Avaliou ainda que os dois piores fundamentos foram o passe, que precisa de maior regularidade para ter mais velocidade, e a defesa, que deve ser mais sólida para proporcionar contra-ataques mais fortes e eficientes.

Atual  campeã do Grand Prix, a Seleção Brasileira busca o seu 13º título. Nesta sexta, enfrenta a vice-líder Holanda que ao lado dos Estados Unidos completa o grupo I.
TAGS