Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Ceará faz história no futsal e é campeão da Copa do Brasil

Depois de ser vice em 2020, Alvinegro chega ao título após empatar os dois jogos contra o Jaraguá-SC e vencer na prorrogação. Equipe disputará a Supercopa em 2022
12:16 | Set. 27, 2021
Autor Lennon Costa
Foto do autor
Lennon Costa Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Na noite deste domingo, 26, o Ceará conquistou um título histórico ao derrotar o Jaraguá-SC na final da Copa do Brasil de futsal. Depois de empatar o jogo de ida por 2 a 2 em Fortaleza, o Alvinegro arrancou um empate em 1 a 1 em Santa Catarina no tempo normal e fez 3 a 0 na prorrogação para levantar a taça.

É o primeiro título da competição para o clube cearense, que chegou a ser vice em 2020 e confirma o ótimo momento da equipe na categoria. Com a conquista, o Ceará terá o direito de disputar a Supercopa de Futsal em 2022, que dá vaga na Libertadores.

O Jogo:
Desde o início, o Ceará tentou controlar a posse, mas não teve efetividade em suas ações ofensivas. O Jaraguá vinha criando as melhores oportunidades do jogo, e após rebatida na área, a bola sobrou para Dill abrir o placar para a equipe da casa.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Depois do gol o time catarinense seguiu no campo ofensivo, tendo várias chances de ampliar, mas a grande atuação do goleiro Lambão impediu o segundo tento.

No segundo tempo o cenário seguiu parecido, mesmo assim, o Ceará conseguiu chegar ao empate em um bom pivô de Dedezinho, que girou e chutou sem chances para o goleiro adversário.

O Ceará ainda passou por um drama quando teve Domar expulso por retardar cobrança de lateral e tomar o segundo cartão amarelo. Foram dois minutos de muita pressão do time da casa, mas o Ceará suportou bem, e quando o quarto jogador retornou, a equipe cresceu no jogo, mas a partida ficou no 1 a 1 e foi para a prorrogação.

Na tempo extra, o Ceará adotou uma postura bem mais ofensiva e logo tomou o controle do jogo. Em cobrança de escanteio, João César contou com a sorte após um desvio no jogador adversário colocar a bola no caminho do gol, sem chance de reação para o goleiro do Jaraguá.

Com a desvantagem no placar, o clube catarinense teve que se lançar ao ataque, e o Ceará criou ótimas chances em contragolpes. João César ainda desperdiçou um pênalti, que poderia ter matado o jogo para o Alvinegro.

Na segunda parte da prorrogação, o Jaraguá passou a jogar com o goleiro-linha para tentar o empate, mas em duas bolas perdidas, o Ceará conseguiu os gols chutando do campo de defesa com Gabriel e João César, e conquistou o título inédito da Copa do Brasil 2021.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags