PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Uefa anuncia fim da regra do gol fora de casa em suas competições

A determinação começa a ser válida a partir da próxima temporada europeia, que tem início no segundo semestre deste ano

14:02 | 24/06/2021
Sede da UEFA, em Nyon, na Suíça (Foto: Divulgação UEFA)
Sede da UEFA, em Nyon, na Suíça (Foto: Divulgação UEFA)

A Uefa anunciou nessa quinta-feira, 24, que o Comitê Executivo da organização aprovou a proposta para retirar a regra do gol fora de casa em suas competições de clubes de todas as categorias. A decisão passa a valer a partir da temporada 2021/2022.

Até 2020/2021, caso os clubes europeus empatassem em número de gols em um duelo eliminatório de ida e volta, aquele que marcasse mais gols no estádio adversário avançaria. Em caso de empate completo, as equipes iriam para a prorrogação, e possivelmente, pênaltis.

Agora, qualquer empate em número de gols basta para que as partidas sejam decididas em prorrogação de dois tempos de 15 minutos. O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, falou sobre a decisão: "A regra dos gols fora de casa tem sido uma parte intrínseca das competições da Uefa desde a sua introdução em 1965. No entanto, a questão da sua abolição foi debatida em várias reuniões da Uefa nos últimos anos. Embora não tenha havido unanimidade de pontos de vista, muitos treinadores, torcedores e outras partes interessadas do futebol questionaram sua justiça e expressaram sua preferência pela abolição da regra."

“É justo dizer que a vantagem de jogar em casa já não é tão significativa como antes. Levando em consideração a consistência em toda Europa em termos de estilos de jogo, e muitos fatores diferentes que levaram ao declínio da vantagem em casa, o Comitê Executivo da Uefa tomou a decisão correta ao adotar a visão de que não é mais apropriado um gol fora de casa carregar mais peso do que um marcado em casa", concluiu o presidente.