Participamos do

Neymar acusa zagueiro espanhol de racismo e é expulso após dar um tapa no jogador

O jogador reclamou em seu perfil no Twitter, afirmando que a agressão foi captada pelo VAR, mas a ofensa que sofreu passou despercebida.
20:25 | Set. 13, 2020
Autor Bemfica de Oliva
Foto do autor
Bemfica de Oliva Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O jogador Neymar Jr, do Paris Saint-Germain, afirmou ter sido vítima de racismo durante partida contra o Marselha pelo Campeonato Francês neste domingo, 13. Ele acusou o zagueiro espanhol Álvaro González, do time adversário, de tê-lo chamado de "macaco". Neymar foi expulso por agressão no final do jogo.

Nos últimos minutos do primeiro tempo, Neymar chegou a reclamar com a arbitragem sobre a atitude de González. "Racismo aqui não", disse o camisa 10. O espanhol, por sua vez, disse ter levado um cuspe de Di Maria, também do PSG. O argentino afirmou ter sido ofendido por González.

No final do segundo tempo, Neymar deu um tapa na cabeça de González, sendo expulso em seguida. O jogador reclamou em seu perfil no Twitter, afirmando que a agressão foi captada pelo VAR, mas a ofensa que sofreu passou despercebida.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine


A partida foi marcada pela tensão: foram distribuídos 12 cartões amarelos e cinco vermelhos, incluindo o de Neymar. O jogo terminou com vitória do Marselha, em gol único de Thauvin.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags