PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Com Neymar sendo decisivo, PSG elimina Dortmund; Atlético de Madrid também avança

Com o Parc des Princes vazio, o craque brasileiro ajudou a garantir a classificação do time francês. Enquanto os Colchoneros eliminaram o Liverpool, o atual campeão da competição

Victor Hugo Pinheiro
19:33 | 11/03/2020
PSG derrotou o Dortmund por 2 a 0, com um gol de Neymar
PSG derrotou o Dortmund por 2 a 0, com um gol de Neymar (Foto: AFP)

Pela primeira vez desde que chegou ao PSG, Neymar conseguiu levar o seu time até as quartas de final da Liga dos Campeões. Nesta quarta-feira, 11, a equipe parisiense venceu o Borussia Dortmund, por 2 a 0, com gols de Neymar e Bernat, e permanece na competição europeia. No outro duelo do dia, o Liverpool foi derrotado pelo Atlético de Madrid, em 3 a 2, e a vaga às quartas ficou com os espanhóis.

PSG x Borussia Dortmund

Apesar do jogo ter sido disputado com portões fechados, a torcida francês lotou o lado de fora do Parc des Princes para apoiar Neymar e seus companheiros. Nos primeiros minutos do jogo, o PSG se lançou ao ataque em busca de tirar a vantagem dos alemães. Aos 20 minutos, Di Maria bateu escanteio, Neymar aproveitou a liberdade da marcação e mandou de peixinho ao fundo das redes do goleiro Burki. Na comemoração do gol, o craque brasileiro resolveu imitar a tradicional comemoração do rival Haaland.

O PSG continuou tendo mais controle do jogo e chegou ao segundo gol nos acréscimos do primeiro tempo. Sarabia recebeu passe na direita e cruzou para Bernat desviar com categoria e anotar o segundo tento dos franceses. Com a desvantagem no placar, os Aurinegros partiram ao ataque na etapa final, porém, não conseguiram evitar a eliminação. Por conta de uma confusão na reta final, Emre Can acabou expulso nos minutos finais da partida.

Liverpool x Borussia Dortmund

Com o apoio da torcida que lotou as arquibancadas, o Liverpool partiu ao ataque contra o Atlético de Madrid. Aos 14 minutos, Chamberlain bateu cruzado e obrigou Oblak a fazer ótima defesa. Aos 35, Arnold cruzou para Firmino e, mais uma vez, o goleiro dos Colchoneros salvou a equipe espanhola. A pressão deu resultados aos 45 da etapa inicial, quando Chamberlain cruzou e Wijnaldum completou de cabeça para abrir o placar. 

No segundo tempo, a pressão dos Reds continuou, enquanto os Colchoneros contavam com o brilhantismo do goleiro Oblak. Aos 14, Firmino teve a chance de marcar, mas foi superado pelo arqueiro esloveno. Aos 21, o time de casa teve grande a chance do segundo gol, quando Robertson cabeçou na pequena área e mandou no travessão. 

A prorrogação começou da mesma forma que acabou o tempo regulamentar: buscando o segundo gol. Logo aos 4, Firmino recebeu cruzamento de Wijnaldum, mandou na trave e, na sequência, conseguiu balançar as redes. A festa dos Reds durou pouco tempo, já que aos 6 e aos 16, Marcos Llorente marcou dois gols e garantiu a classificação aos espanhóis. A virada dos visitantes aconteceu com Morata nos instantes finais do tempo extra.