PUBLICIDADE
Esportes

Quarteto vascaíno segue na ?berlinda? após postagens em redes sociais

A vitória por 2 a 0 sobre a Universidad do Chile na noite da última terça-feira classificou o Vasco para a Copa Sul-Americana, porém não amenizou a crise que ronda o clube, principalmente depois do episódio que culminou no afastamento de quatro jogadores do elenco por conta de postagens de uma foto em redes sociais, [?]

12:45 | 23/05/2018

A vitória por 2 a 0 sobre a Universidad do Chile na noite da última terça-feira classificou o Vasco para a Copa Sul-Americana, porém não amenizou a crise que ronda o clube, principalmente depois do episódio que culminou no afastamento de quatro jogadores do elenco por conta de postagens de uma foto em redes sociais, que teriam soado como provocação aos torcedores.

Na foto o goleiro Gabriel Féliz, os zagueiros Paulão e Frikson Erazo, os laterais Rafael Galhardo e Fabrício, e o volante Wellington aparecem como se estivessem em formação. Na postagem publicou a frase: ?Hhhuuuuuuuuuu? De quem é a culpa??. Evander também publicou a foto polêmica e usou a legenda: ?Uuuuuuuuu? ao lado de um emoji de risada.

Poucos minutos depois os torcedores começaram a protestar nas redes sociais, inclusive com alguns pedindo a saída dos atletas. Candidato derrotado na última eleição, Júlio Brant usou sua conta no Twitter para cobrar medidas do presidente Alexandre Campello, que afastou Wellington, Paulão, Evander e Gabriel Félix por um jogo.

A decisão de afastar os atletas por apenas uma partida não agradou à torcida, que esperava algo maior. Na madrugada desta quarta-feira, um grupo de 20 torcedores foi ao aeroporto esperar pela chegada dos atletas, que retornaram ao Brasil em voo separado do plantel. Porém, os quatro deixaram o local por uma saída lateral. Os torcedores ameaçaram ir ao treino desta quinta-feira para cobrar explicações. ?Os jogadores entenderam a punição e estão arrependidos?, disse Campello.

O técnico Zé Ricardo também comentou o episódio. ?O nosso grupo tem caráter e gosta de trabalhar junto e pelo clube. Erros todos cometem e o importante é que as coisas sejam avaliadas com a cabeça fria. Respeitamos a decisão da diretoria?, relatou o treinador.

O elenco vascaíno retornou nesta quarta-feira e os jogadores foram liberados em seguida. O próximo compromisso será o choque contra o Bahia no próximo domingo, às 16h (de Brasília), na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA), pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva

TAGS