PUBLICIDADE
Esportes

Vasco descarta postura defensiva contra o Jorge Wilstermann

A goleada de 4 a 0 aplicada em São Januário na noite de quarta-feira deixou o Vasco com a classificação muito bem encaminhada para a fase de grupos da Copa Libertadores. Porém, os vascaínos entendem que a missão não foi concluída. O choque da volta será em Sucre, na altitude de mais de 2.800 metros [?]

15:30 | 16/02/2018

A goleada de 4 a 0 aplicada em São Januário na noite de quarta-feira deixou o Vasco com a classificação muito bem encaminhada para a fase de grupos da Copa Libertadores. Porém, os vascaínos entendem que a missão não foi concluída. O choque da volta será em Sucre, na altitude de mais de 2.800 metros da cidade da Bolívia. Além disso, o Jorge Wilstermann vai querer dar o troco.

Em um cenário tão adverso, muitos poderiam imaginar que o Vasco estaria planejando uma forte retranca para conter os avanços do oponente. Porém, os jogadores vascaínos não pensam desta maneira e querem buscar o triunfo. Para que a vaga não fique ameaçada, a ordem é justamente ir em busca de mais gols.

?Se ficarmos recuados, esperando que o adversário dite o ritmo do jogo na altitude nós com certeza vamos pagar um preço muito alto. Não podemos cair neste erro. A altitude joga a favor deles e se tiverem o nosso campo o tempo todo para chutar e cruzar vamos acabar levando os gols e nos complicaremos. Respeitamos o Jorge Wilstermann e por isso mesmo queremos o resultado positivo?, disse o zagueiro Paulão.

O atacante Rildo concorda: ?O Vasco vem encontrando modelos de atuação com o bom momento na Copa Libertadores. Por isso mesmo entendo que precisamos manter essa ousadia jogando na Bolívia. O Jorge Wilstermann vai querer inverter a situação. Não se deu por vencido. Portanto, não podemos nos iludir com a goleada que aplicamos em casa. É importante mostrarmos desde o começo que queremos também ganhar o confronto fora de casa?, afirmou o atacante.

O elenco vascaíno participou de um trabalho regenerativo nesta sexta-feira. No fim de semana Zé Ricardo vai intensificar a preparação para o choque contra os bolivianos. O clube vai divulgar ainda os detalhes da programação de viagem para Sucre. Caso confirme a vaga na Bolívia, o Vasco vai integrar o Grupo 5, ao lado de Cruzeiro, Racing da Argentina e Universidad de Chile.

Gazeta Esportiva

TAGS