PUBLICIDADE
Esportes

Wanderson faz contra, mas Atlético-PR bate o Vasco na Arena da Baixada

O Atlético-PR mostrou força em casa e venceu por 3 a 1 o Vasco, neste domingo, na Arena da Baixada. Com os resultado, os paranaenses chegaram a 48 pontos, se afastaram da degola e voltam a sonhar com um lugar na Libertadores. Já cruzmaltinos permanecem com 50, veem a invencibilidade de 11 jogos acabar e [?]

20:15 | 19/11/2017

O Atlético-PR mostrou força em casa e venceu por 3 a 1 o Vasco, neste domingo, na Arena da Baixada. Com os resultado, os paranaenses chegaram a 48 pontos, se afastaram da degola e voltam a sonhar com um lugar na Libertadores. Já cruzmaltinos permanecem com 50, veem a invencibilidade de 11 jogos acabar e estão mais longe do G-7 do Campeonato Brasileiro.

A partida foi disputada em ritmo acelerado, principalmente no primeiro tempo. O Atlético-PR abriu o placar com Thiago Heleno. Só que o vasco empatou sem seguida, após gol contra de Wanderson. No segundo tempo, os donos da casa decretaram a vitória com gols de Douglas Coutinho e Fabrício.

Na próxima rodada, o Atlético-PR vai até Florianópolis para enfrentar o Avaí, no próximo domingo. No mesmo dia, o Vasco terá pela frente o Cruzeiro, no Mineirão.

O jogo ? A partida começou movimentada, com as duas equipes em busca do ataque. O Atlético-PR tinha mais posse de bola, enquanto que o Vasco aproveitava os espaços para os contra-ataques. Só que na primeira chance, os donos da casa abriram o placar, aos 15 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola chegou em Thiago Heleno, que acertou chute forte para a rede.

O Vasco não sentiu o revés e partiu para cima dos paranaenses. Os visitantes contaram com ?ajuda? para chegar ao empate, aos 17 minutos. Após cobrança de escanteio, Andrés Rios cabeceou para o gol. O goleiro Weverton soltou a bola, mas quando foi defender, viu o zagueiro Wanderson chutar para a própria rede.

Após o empate, o Atlético-PR voltou a ter mais posse de bola e quase marcou o segundo aos 19 minutos. Guilherme arriscou de fora da área e assustou Martín Silva. Os paranaenses seguiram melhores em campo e voltaram a chegar com perigo aos 28. Após bola levantada na área, a zaga do Vasco cortou mal e Éderson aproveitou para finalizar próximo gol.

O Vasco conseguiu equilibrar o jogo, mas sofria para criar boas chances no ataque. O Atlético-PR era mais objetivo e quase marcou aos 35 minutos. Douglas Coutinho foi lançado na área e cabeceou para o gol. A bola quicou na grama sintética, ganhou velocidade e quase enganou o goleiro Martín Silva.

Nos minutos finais, o Vasco passou a ter mais posse de bola, mas sofreu com os lançamentos do Atlético-PR. Aos 41 minutos, Éderson recebeu passe na área, mas viu Martín Silva se jogar para impedir o gol. O atacante ainda teve outra oportunidade e novamente parou no arqueiro carioca. Assim, o duelo permaneceu igual até o intervalo.

No segundo tempo, o jogo recomeçou e ritmo lento, com muitas faltas. Somente depois dos 15 minutos, o confronto passou a ter emoção. Aos 17 minutos, Wanderson errou na saída de bola e entregou no pé de Wagner. No entanto, o meia chutou para fora. O Atlético-PR respondeu em grande estilo no minuto seguinte. Douglas Coutinho recebeu passe na entrada da área, levou a melhor sobre Wellington e chutou sem chance para Martín Silva.

Quando parecia que os donos da casa seriam pressionados, o Atlético-PR chegou ao terceiro gol, aos 23 minutos. Após cobrança de escanteio, Fabrício cabeceou cruzado para a rede.

Atrás no placar, o Vasco foi obrigado a avançar com mais intensidade, mas continuava tendo problemas para criar boas jogadas. O Atlético-PR passou a administrar o resultado quando tinha a posse de bola. Mesmo assim, os donos da casa eram mais perigosos e desperdiçaram algumas boas oportunidades de marcar o quarto gol.

Nos minutos finais, o panorama da partida seguiu o mesmo. O Vasco tentou diminuir a vantagem, mas esbarrou na boa marcação do Atlético-PR, que conseguiu mais uma vitória na Arena da Baixada no Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-PR 3 X 1 VASCO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)

Data: 19 de novembro de 2017 (Domingo)

Horário: 19 horas (de Brasília)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

Assistentes: Daniel Paulo Ziolli (SP) e Daniel Luis Marques (SP)

Renda: R$ 246.855,00

Público: 9.991 presentes

Cartões amarelos: Guilherme (Atlético-PR); Jean e Wellington (Vasco)

GOLS

ATLÉTICO-PR: Thiago Heleno, aos 15min do 1ºT; Douglas Coutinho, aos 18min do 2ºT; Fabrício, aos 23min do 2ºT

VASCO: Wanderson (contra), aos 17min do 1ºT

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Wanderson, Thiago Heleno (Cleberson) e Fabrício; Matheus Rossetto, Lucho González (Eduardo Henrique), Guilherme e Lucas Fernandes (Sidcley); Douglas Coutinho e Ederson (Felipe Gedoz)

Técnico: Fabiano Soares

VASCO: Martín Silva; Gilberto, Breno (Rafael Marques), Paulão e Henrique; Jean (Evander), Wellington, Wagner (Yago Pikachu), Nenê e Paulinho; Andrés Ríos

Técnico: Zé Ricardo

Gazeta Esportiva

TAGS