PUBLICIDADE
Esportes

Dificuldade ofensiva vira a maior preocupação do Vasco

O Vasco está fazendo uma grande campanha no segundo turno do Campeonato Brasileiro e, com 43 pontos, está rigorosamente no páreo por uma vaga na próxima Copa Libertadores. Porém, o bom desempenho no returno não esconde um problema visível do atual plantel: a dificuldade de marcar gols. Os jogadores que estão sendo utilizados no comando [?]

12:30 | 23/10/2017

O Vasco está fazendo uma grande campanha no segundo turno do Campeonato Brasileiro e, com 43 pontos, está rigorosamente no páreo por uma vaga na próxima Copa Libertadores. Porém, o bom desempenho no returno não esconde um problema visível do atual plantel: a dificuldade de marcar gols. Os jogadores que estão sendo utilizados no comando de ataque não agradam aos torcedores e não conseguem render.

O argentino Andrés Rios é visto como titular de momento pelo técnico Zé Ricardo. Mas visivelmente cai pelos lados do campo, deixando de ser a tal referência que o treinador tanto deseja, em um esquema com meias e apenas um atacante.

Na ausência de Rios, quem entra é Thalles, revelado nas categorias de base do clube e que constantemente trava uma batalha na balança. Hoje parece visivelmente fora de forma, o que tem sido motivo de irritação por parte de torcedores nos estádios e nas redes sociais.

?Todos os jogadores contam com a minha confiança e tenho certeza de que o torcedor vai seguir apoiando o Vasco pois temos objetivos importantes neste Campeonato Brasileiro?, afirmou Zé Ricardo.

A preocupação é tanta que internamente o clube se movimenta no sentido de colocar Luis Fabiano em campo no clássico do próximo sábado, às 19h (de Brasília), contra o Flamengo no Maracanã, no Rio de Janeiro, pela 31ª rodada. O jogador, que se submeteu a uma artroscopia no joelho direito, agora se trata em São Paulo, com autorização do Vasco, de uma contratura miofacial. Ele deve se juntar ao elenco na terça-feira e são muitas as etapas que teria que superar para estar em campo no clássico. Os mais conservadores no departamento médico prefere contar com o jogador somente no duelo diante do Vitória, dia 5 de outubro.

Nesta segunda-feira os jogadores participaram apenas de um trabalho regenerativo. A partir da atividade prevista para a manhã desta terça-feira que Zé Ricardo começa a pensar na escalação que será utilizada contra o Flamengo. Para este compromisso ele perdeu o zagueiro Breno, que cumpre suspensão por ter sido expulso no empate por 1 a 1 com o Coritiba no fim de semana. Assim, Paulão vai ganhar uma nova oportunidade de compor a dupla de zaga titular.

Gazeta Esportiva

TAGS