PUBLICIDADE
São Paulo FC
Noticia

Novorizontino marca no fim, e Crespo conhece a 1ª derrota no comando do São Paulo

Fora de casa, Tricolor do Morumbi perde por 2 a 1 para Novorizontino e sofre primeiro revés sob comando do ex-atacante argentino

19:51 | 13/03/2021
Atacante Luciano e goleiro Giovanni disputam bola no jogo Novorizontino x São Paulo, pelo Campeonato Paulista (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
Atacante Luciano e goleiro Giovanni disputam bola no jogo Novorizontino x São Paulo, pelo Campeonato Paulista (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Neste sábado, abrindo a quarta rodada do Campeonato Paulista, o São Paulo perdeu por 2 a 1 para o Novorizontino, fora de casa, e viu a sua invencibilidade no torneio chegar ao fim. Cléo Silva e Guilherme Queiroz anotaram para os anfitriões, enquanto Rojas descontou para os visitantes.

Com o resultado, o Tricolor estacionou nos sete pontos, mas se manteve na liderança do Grupo B. Entretanto, a equipe pode cair para a vice-liderança caso a Ferroviária pontue diante do Palmeiras neste domingo. Já o Tigre foi a cinco pontos, assumindo a terceira posição do Grupo C.

A próxima partida do São Paulo está marcada inicialmente para o próximo sábado, dia 20 de março, às 16h30 (de Brasília), diante do Palmeiras, no Allianz Parque. No entanto, há a possibilidade do clássico ser adiado, devido a paralisação do Paulistão por conta da pandemia da covid-19. Já o Novorizontino visita o São Caetano, no dia 21, às 18h15.

O jogo

A primeira etapa começou com os anfitriões levando perigo. Com o relógio marcando menos de um minuto, a defesa tricolor errou na saída de bola, Danielzinho recebeu na entrada da área e finalizou à direita.

A partir de então, os visitantes cresceram no jogo. No entanto, o time do técnico Hernán Crespo encontrou muitas dificuldades para furar a retranca rival. Aos 15, Igor Vinícius lançou na medida para Pablo, que cabeceou pelo lado. Dez minutos depois, Rodrigo Nestor invadiu a área pela direita e cruzou rasteiro, mas ninguém apareceu para completar.

E os tentos perdidos acabaram fazendo falta. Isso porque, aos 46, o Novorizontino abriu o placar. Cléo Silva ficou de frente para o gol e finalizou para grande defesa de Volpi. No rebote, Jenison dividiu com Bruno Alves e a bola sobrou para Cléo Silva, que dessa vez estufou as redes.

Em desvantagem, o São Paulo voltou aceso do intervalo. Com dois minutos do segundo tempo, Daniel Alves cobrou escanteio na área, Bruno Alves subiu mais que todo mundo e testou no travessão. Já aos 10, nada impediu o empate. Igor Vinícius arrancou pela direita e cruzou a meia altura para Rojas, que havia acabado de entrar, completar para o fundo do gol.

A resposta do time da casa saiu aos 21, quando Jenison obrigou Volpi a fazer boa defesa após ganhar da defesa tricolor no alto e cabecear com perigo. Na sequência, Cléo Silva fez bela jogada individual pela direita e finalizou nas mãos do arqueiro. Aos 35, Guilherme Queiroz arriscou de longe e forçou o camisa 1 a se esticar para fazer ótimo intervenção.

Dois minutos depois, no entanto, o atacante enfim conseguiu vazar o goleiro. Após recuou de bola errado de Reinaldo, Guilherme invadiu a área e soltou uma bomba. Volpi até chegou a tocar na bola, mas não foi o suficiente para tirar ela da direção das redes.

Nos minutos finais, o Tricolor Paulista esboçou uma pressão em busca de um tento salvador, mas não foi o para evitar a primeira derrota de Crespo no comando do time. Aos 46, Luciano até foi derrubado na área pelo goleiro do Tigre e reclamou muito de pênalti, mas a árbitra mandou o jogo seguir.