Liziero põe meta para 2019: ?Ajudar São Paulo a ser um time de respeito?São Paulo Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Liziero põe meta para 2019: ?Ajudar São Paulo a ser um time de respeito?

Principal revelação do São Paulo em 2018, o volante Igor Liziero sabe que pode ser alvo do assédio europeu durante a próxima janela de transferências, em janeiro. Apesar da necessidade de fazer caixa com a venda de jogadores, a diretoria tricolor não pretende negociar o jovem formado em Cotia. Nos planos do técnico André Jardine, [?]

06:30 | 11/12/2018

Principal revelação do São Paulo em 2018, o volante Igor Liziero sabe que pode ser alvo do assédio europeu durante a próxima janela de transferências, em janeiro. Apesar da necessidade de fazer caixa com a venda de jogadores, a diretoria tricolor não pretende negociar o jovem formado em Cotia.

Nos planos do técnico André Jardine, responsável por sua promoção ao elenco profissional em março, Liziero garante estar focado no São Paulo. Para a próxima temporada, a ideia é ajudar na construção de uma equipe campeã, algo que não foi possível realizar em 2018, tampouco nos cinco anos anteriores.

?Deixo nas mãos de Deus essa coisa de jogar na Europa. A princípio, minha cabeça está no São Paulo. Eu quero, no ano que vem, ajudar o muito o São Paulo a lutar por títulos, a ser um time de respeito?, projetou o camisa 31, em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.

A Copa Libertadores é uma das possibilidades de título ao São Paulo em 2019. O time, contudo, precisará passar por dois duelos eliminatórios para atingir a fase de grupos. Tudo porque terminou em quinto lugar no Campeonato Brasileiro, após liderá-lo por oito rodadas.

?Ficamos frustrados por não ter conseguido levar o título, mas tiveram muitas coisas boas comparando com o ano passado, quando a equipe brigou para não cair. Agora estamos classificados para Libertadores. Gostaríamos de ter sido campeões, mas também não fizemos um ano ruim?, ponderou.

Seja como for, o ano de 2018 ficará marcado em sua carreira. Em um total de 40 jogos disputados, Liziero atuou como titular em 23 deles ? terminou a temporada nesta condição, inclusive. Neste período, contribuiu com dois gols e uma assistência. Suas boas atuações acarretaram na renovação de seu contrato, agora válido até abril de 2023.

?Individualmente foi um ano bom, porque foi meu primeiro como profissional e tive uma sequência de jogos como titular. Geralmente, a garotada sobe e tem um tempo de adaptação. Mas comigo foi um pouco diferente: subi e já joguei?, avaliou.

Abaixo, veja outros trechos da entrevista com Liziero:

Expectativas com Jardine

O Jardine é um excelente técnico, um treinador com conceitos modernos. Tenho certeza que, com trabalho e dedicação, as coisas vão melhorar e só tendem a evoluir.

Parceria desde a base

Com o Jardine, eu evoluí muito na parte tática. Ele é um treinador que estuda muito, que sempre está querendo aprender, assiste muitos jogos de fora. Sempre quando vê algo diferente, que vai agregar para todos, ele já passa para o grupo e te prova que vai dar certo em campo. Evoluí muito com ele tanto na parte tática quanto na técnica.

Concorrência com Jucilei e Hudson

Ainda bem que a concorrência é nesse nível, né. Faz com que você tenha que evoluir e não fique parado no caminho. Se der uma vacilada, você perde a posição, porque são dois jogadores de muita qualidade, experientes e vitoriosos. Tem que estar provando todo dia que está bem. Eles são tranquilos demais, sempre conversam e passam tranquilidade.

Gazeta Esportiva

TAGS