Liziero admite pressão em 2019: ?O São Paulo necessita de títulos?São Paulo Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Liziero admite pressão em 2019: ?O São Paulo necessita de títulos?

Principal revelação do São Paulo em 2018, Igor Liziero superou as suas expectativas para o ano. Após começar a temporada como uma promessa de Cotia, o meio-campista terminou como titular do time dirigido por André Jardine, responsável por sua promoção ao elenco principal. Aos 20 anos, Liziero se destacou como lateral esquerdo na campanha do [?]

11:30 | 31/12/2018

Principal revelação do São Paulo em 2018, Igor Liziero superou as suas expectativas para o ano. Após começar a temporada como uma promessa de Cotia, o meio-campista terminou como titular do time dirigido por André Jardine, responsável por sua promoção ao elenco principal.

Aos 20 anos, Liziero se destacou como lateral esquerdo na campanha do vice-campeonato da Copa São Paulo, em janeiro. Dois meses depois, atendeu a uma ligação de Jardine, então auxiliar de Diego Aguirre, e foi informado de sua ida ao CT da Barra Funda.

Lá, não se intimidou e rapidamente se adaptou ao ambiente profissional, condição na qual já contabiliza 40 jogos, sendo 23 como titular, apesar da forte concorrência com Jucilei e Hudson. Nesse período, ele contribuiu com dois gols e uma assistência.

?Para mim foi um ano especial, o primeiro como profissional. Tive sequência de jogos, fiz boas atuações. Isso só me motiva a fazer um ano seguinte melhor?, disse Liziero, antes de participar de um jogo beneficente em Taboão da Serra-SP, onde foi criado.

Para ele, um ano melhor pressupõe a conquista de troféus, algo que o Tricolor não alcança desde a Copa Sul-Americana de 2012. ?Com a camisa que tem, o São Paulo necessita de títulos. É uma grande equipe, é normal ter essa pressão. Vamos trabalhar forte para que ano que vem a gente consiga sair com um título?, projetou.

Além de ambição, Liziero carregará consigo aprendizados para o ano que vem. Um deles será o da frustrante experiência de ter perdido o Campeonato Brasileiro de 2018, após lidera-lo por oito rodadas.

?A gente queria sair com o título. Fizemos um primeiro turno muito bom, mas acabamos vacilando. É aprender com os erros, para o ano que vem ser diferente?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS