PUBLICIDADE
Esportes

Sem Militão, Aguirre estuda antecipar estreia de Bruno Peres

A suspensão de Éder Militão a ser cumprida no duelo com o Cruzeiro, no domingo, pode antecipar a estreia de Bruno Peres com a camisa do São Paulo. A possibilidade foi indicada pelo técnico Diego Aguirre, após a derrota por 2 a 1 para o Grêmio na noite da última quinta-feira, em Porto Alegre. Apresentado [?]

08:15 | 27/07/2018

A suspensão de Éder Militão a ser cumprida no duelo com o Cruzeiro, no domingo, pode antecipar a estreia de Bruno Peres com a camisa do São Paulo. A possibilidade foi indicada pelo técnico Diego Aguirre, após a derrota por 2 a 1 para o Grêmio na noite da última quinta-feira, em Porto Alegre.

Apresentado no dia 16 de julho, o jogador emprestado pela italiana Roma atualmente aprimora a forma física no CT da Barra Funda após um período de férias no futebol europeu. Tanto que nem viajou com a delegação para o Rio Grande do Sul. Mas talvez terá de pegar o avião com destino para Belo Horizonte, palco do próximo jogo do Tricolor.

Isso porque Araruna, que seria o substituto imediato de Militão na lateral direita, tende a assumir a vaga de Hudson, também suspenso pelo acúmulo de três amarelos, e Régis, embora tenha o contrato com o clube reativado, ainda não foi reintegrado ao grupo. No meio-campo, o mais natural seria Jucilei formar dupla de volantes com Liziero, mas o camisa 8 está em recuperação de um estiramento na coxa esquerda.

Outra opção seria utilizar o jovem volante Luan, de apenas 19 anos, que vem treinando com o time principal desde a lesão de Jucilei. No entanto, o garoto, que estreou como profissional nos minutos finais do clássico contra o Corinthians, não tem a experiência necessária para uma partida importante como a do final de semana.

Diante deste cenário, Aguirre não descarta usar Bruno Peres no Mineirão. ?Ainda não posso responder, porque as coisas mudam. A ideia era ele ficar pronto na outra semana, mas não posso falar que ele não vai estar no próximo jogo. Vai ser uma decisão conjunta. Temos de analisar não somente o Bruno, mas as outras situações?, avaliou.

No miolo de zaga, contudo, a alteração a ser realizada é bem mais óbvia. Bruno Alves deve assumir a vaga de Arboleda (outro são-paulino suspenso) ao lado de Anderson Martins, que, aliás, está pendurado com dois cartões amarelos. Assim como Reinaldo, Nenê e Liziero.

?Perdemos três jogadores importantíssimos. Mas isso pode acontecer quando se disputa um jogo dessa exigência, você pode tomar os cartões. Temos de dar oportunidades a outros jogadores, tentar fazer o time o mais forte possível para ir a Minas e tentar fazer um bom jogo?, concluiu Aguirre.

Gazeta Esportiva

TAGS