PUBLICIDADE
Esportes

São Paulo acerta venda de Éder Militão ao Porto e receberá R$ 17 mi

O São Paulo, enfim, acertou a venda de Éder Militão para o Porto, que contará com o lateral-direito pelas próximas cinco temporadas. O Tricolor receberá 4 milhões de euros na negociação (cerca de R$ 17 milhões), e o atleta seguirá defendendo o clube do Morumbi nos próximos quatro jogos: Grêmio, Cruzeiro, Colón [Copa Sul-Americana] e [?]

20:45 | 24/07/2018

O São Paulo, enfim, acertou a venda de Éder Militão para o Porto, que contará com o lateral-direito pelas próximas cinco temporadas. O Tricolor receberá 4 milhões de euros na negociação (cerca de R$ 17 milhões), e o atleta seguirá defendendo o clube do Morumbi nos próximos quatro jogos: Grêmio, Cruzeiro, Colón [Copa Sul-Americana] e Vasco.

Com contrato válido somente até janeiro de 2019, Militão não aceitou as propostas oferecidas pelo São Paulo para renovação e poderia sair de graça ao fim da atual temporada. O lateral-direito nunca escondeu seu desejo de se transferir para a Europa já nesta janela, porém, ainda assim manteve seu compromisso com a equipe, se tornando peça indispensável no esquema do técnico Diego Aguirre.

Ainda não houve uma confirmação do valor total da negociação, mas o São Paulo ficará com R$ 17,5 milhões, o total da primeira oferta dos portugueses. Além disso, o Tricolor também terá direito a 10% do valor total de uma possível futura venda do atleta, ao contrário de 10% do lucro do Porto com uma possível venda, conforme foi previamente proposto. O contrato do jogador com a equipe portuguesa será válido por cinco temporadas.

Desta maneira, a despedida de Militão está prevista para o próximo dia 5 de agosto, quando enfrenta o Vasco, no Morumbi. O prazo contribuirá para a preparação de seu substituto. Bruno Peres, que chegou por empréstimo junto à Roma, ainda aprimora a forma física e deve ficar à disposição de Aguirre somente daqui a algumas semanas. O mesmo serve para Régis, que após ser afastado por problemas particulares também voltou a treinar recentemente.

Revelado pelas categorias de base do São Paulo, Militão disputou 54 jogos com o time profissional e marcou quatro gols.

Gazeta Esportiva

TAGS
São Paulo acerta venda de Éder Militão ao Porto e receberá R$ 17 miSão Paulo Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes

São Paulo acerta venda de Éder Militão ao Porto e receberá R$ 17 mi

O São Paulo, enfim, acertou a venda de Éder Militão para o Porto, que contará com o lateral-direito pelas próximas cinco temporadas. O Tricolor receberá 4 milhões de euros na negociação (cerca de R$ 17 milhões), e o atleta seguirá defendendo o clube do Morumbi nos próximos quatro jogos: Grêmio, Cruzeiro, Colón [Copa Sul-Americana] e [?]

20:45 | 24/07/2018

O São Paulo, enfim, acertou a venda de Éder Militão para o Porto, que contará com o lateral-direito pelas próximas cinco temporadas. O Tricolor receberá 4 milhões de euros na negociação (cerca de R$ 17 milhões), e o atleta seguirá defendendo o clube do Morumbi nos próximos quatro jogos: Grêmio, Cruzeiro, Colón [Copa Sul-Americana] e Vasco.

Com contrato válido somente até janeiro de 2019, Militão não aceitou as propostas oferecidas pelo São Paulo para renovação e poderia sair de graça ao fim da atual temporada. O lateral-direito nunca escondeu seu desejo de se transferir para a Europa já nesta janela, porém, ainda assim manteve seu compromisso com a equipe, se tornando peça indispensável no esquema do técnico Diego Aguirre.

Ainda não houve uma confirmação do valor total da negociação, mas o São Paulo ficará com R$ 17,5 milhões, o total da primeira oferta dos portugueses. Além disso, o Tricolor também terá direito a 10% do valor total de uma possível futura venda do atleta, ao contrário de 10% do lucro do Porto com uma possível venda, conforme foi previamente proposto. O contrato do jogador com a equipe portuguesa será válido por cinco temporadas.

Desta maneira, a despedida de Militão está prevista para o próximo dia 5 de agosto, quando enfrenta o Vasco, no Morumbi. O prazo contribuirá para a preparação de seu substituto. Bruno Peres, que chegou por empréstimo junto à Roma, ainda aprimora a forma física e deve ficar à disposição de Aguirre somente daqui a algumas semanas. O mesmo serve para Régis, que após ser afastado por problemas particulares também voltou a treinar recentemente.

Revelado pelas categorias de base do São Paulo, Militão disputou 54 jogos com o time profissional e marcou quatro gols.

Gazeta Esportiva

TAGS