PUBLICIDADE
Esportes

Diego Souza vê derrota no Sul como ?normal?, mas Nenê aponta erros

Os jogadores do São Paulo trataram a derrota por 2 a 1 para o Grêmio com naturalidade. A avaliação foi a de que, apesar dos erros incomuns apresentados pela equipe do Morumbi na noite da última quinta-feira, o time gaúcho é mesmo difícil de ser batido em Porto Alegre. O São Paulo abriu o placar [?]

09:15 | 27/07/2018

Os jogadores do São Paulo trataram a derrota por 2 a 1 para o Grêmio com naturalidade. A avaliação foi a de que, apesar dos erros incomuns apresentados pela equipe do Morumbi na noite da última quinta-feira, o time gaúcho é mesmo difícil de ser batido em Porto Alegre.

O São Paulo abriu o placar logo aos três minutos do primeiro tempo, com Diego Souza aproveitando lambança de Geromel. O time visitante ainda teria uma chance de ampliar antes do intervalo, mas Kannemann tirou chute de Nenê praticamente em cima da linha.

Pouco depois, nos acréscimos, Everton cortou Militão na esquerda, bateu de direita, e Sidão não alcançou. Aos 15 minutos da etapa final, em lance parecido, o atacante virou o placar para o time da casa, que continuou melhor em campo até o final da partida.

?O Grêmio tem qualidade. A nossa equipe deu um pouco de espaço que não costuma dar e no segundo gol acabou vacilando, coisa que não pode acontecer para quem quer chegar no nosso objetivo. É um jogo muito difícil, em que é normal vir aqui e ter um resultado negativo?, avaliou Diego Souza.

O zagueiro Anderson Martins corroborou a análise do camisa 9. ?Infelizmente não conseguimos segurar o resultado, mas o time se portou bem diante de uma grande equipe. Temos que valorizar o ritmo que mantivemos durante o jogo. Faz parte. A gente fica triste porque queríamos sair com o resultado positivo, mas não é nada anormal perder por 2 a 1 aqui?, afirmou.

Menos conformado, Nenê reprovou a postura do São Paulo. ?Estava nas nossas mãos. Nossa intenção era de ir para ganhar. Mas a maneira que a gente estava no primeiro tempo não demonstrava isso. Os erros acontecem. Acho que deixamos crescerem muito no primeiro tempo?, lamentou o camisa 10.

Com o revés, que encerra uma série invicta de cinco jogos, o São Paulo segue no segundo lugar do Campeonato Brasileiro, com 29 pontos, dois a menos do que o líder Flamengo. O próximo compromisso será diante do Cruzeiro, no domingo, em Belo Horizonte.

Gazeta Esportiva

TAGS