Antes de reunião decisiva, presidente do Santos diz que desistiu de Abel na última quartaSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Antes de reunião decisiva, presidente do Santos diz que desistiu de Abel na última quarta

O presidente do Santos, José Carlos Peres, não tem mais esperança de contar com Abel Braga como substituto de Cuca para o comando técnico a partir de 2019. O destino provável é o Flamengo. ?Eu já havia desistido do Abel na última quarta-feira. Boa sorte para ele?, disse Peres, à Gazeta Esportiva, antes de desconversar [?]

10:30 | 10/12/2018

O presidente do Santos, José Carlos Peres, não tem mais esperança de contar com Abel Braga como substituto de Cuca para o comando técnico a partir de 2019. O destino provável é o Flamengo.

?Eu já havia desistido do Abel na última quarta-feira. Boa sorte para ele?, disse Peres, à Gazeta Esportiva, antes de desconversar sobre a procura por um novo treinador: ?Está indo bem?.

A reportagem apurou que o presidente fez uma nova tentativa por Abel Braga no fim de semana e voltou a ter o ?não? como resposta. A eleição no Flamengo, com a vitória de Rodolfo Landim, acabou com as chances do Peixe. O candidato havia encaminhado a chegada do técnico antes do pleito.

Reunião decisiva

Sem Abel como opção, o Alvinegro pode definir o treinador em reunião do Comitê de Gestão na noite desta segunda-feira, na Vila Belmiro. O presidente ?esconde? os nomes antes de apresentar aos gestores para votação. Há possibilidade da negociação ocorrer durante o encontro.

Dentre os membros do comitê e demais pessoas da diretoria, há quem defenda seis opções diferentes: Diego Aguirre, Dorival Júnior, Muricy Ramalho, Roger Machado, Vanderlei Luxemburgo e Zé Ricardo. O perfil desejado inclui vocação ofensiva, utilização de jogadores das categorias de base e experiência na função. Estrangeiros não estão descartados.

Dos seis, Peres gosta de Muricy, como antecipou o Diário do Peixe, já cogitou Luxemburgo e Zé (antes de Cuca), confirmou interesse em Roger e negou vontade de trazer Dorival de volta publicamente. A alternativa de Aguirre foi sugerida nos últimos dias e agradou.

Antes da vinda de Cuca, falava-se em outras opções: Zé Ricardo, Dorival e Luxemburgo. O presidente, porém, mudou de ideia, teve a aprovação do Comitê de Gestão e negociou com o técnico em uma única manhã antes de anunciá-lo como substituto de Jair Ventura.

Gazeta Esportiva

TAGS