PUBLICIDADE
Santos
NOTÍCIA

Victor Ferraz espera Palmeiras reserva contra o Santos: ?Por isso gastaram tanto?

Victor Ferraz espera pelo time reserva do Palmeiras no clássico contra o Santos deste sábado, às 19h (de Brasília), no Allianz Parque, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico Felipão alternou duas equipes durante toda a competição, mas o rival foi eliminado da Libertadores da América pelo Boca Juniors nesta quarta-feira ? o que [?]

17:45 | 01/11/2018

Victor Ferraz espera pelo time reserva do Palmeiras no clássico contra o Santos deste sábado, às 19h (de Brasília), no Allianz Parque, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O técnico Felipão alternou duas equipes durante toda a competição, mas o rival foi eliminado da Libertadores da América pelo Boca Juniors nesta quarta-feira ? o que pode alterar o planejamento.

?De forma alguma. Santos e Palmeiras nunca tem favorito, independentemente do motivo. Normalmente jogam com times diferentes. Brasileiro e Libertadores. Se colocar os de ontem (contra o Boca), pode ser surpresa, não fez isso no campeonato inteiro. Tem elenco e por isso gastaram tanto, com time capaz de tentar chegar em todas as competições. Será jogo bem igual, inclusive no descanso se colocar quem não jogou. Tem tudo para ser um jogo muito equilibrado?, disse o capitão, em entrevista coletiva.

Ferraz diminuiu o efeito da eliminação antes do clássico. Para o lateral-direito, a saída da Libertadores pode ajudar o Palmeiras.

?Eu vejo diferente, acho que estarão ainda mais motivados. Única competição igual à gente. Conversamos sobre isso e achamos que será um time mais motivado, querendo dar a volta por cima. Se fosse com a gente, seria essa a nossa postura. Jogo duro, difícil, temos montado estratégias para surpreender?, completou.

Com força máxima, o Santos tem duas dúvidas para o clássico, uma na defesa e outra no ataque. A escalação será: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe (Lucas Veríssimo), Gustavo Henrique (Lucas Veríssimo) e Dodô; Alison, Diego Pituca e Carlos Sánchez; Rodrygo, Bruno Henrique (Derlis González) e Gabigol.

Gazeta Esportiva

TAGS