Cuca e Felipão fazem duelo à parte após resgatarem Santos e PalmeirasSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Cuca e Felipão fazem duelo à parte após resgatarem Santos e Palmeiras

O confronto deste sábado entre Palmeiras e Santos, às 19 horas (de Brasília), no Alllianz Parque, marca o embate entre duas equipes em ótima fase no Campeonato Brasileiro. Esse bom momento dos times tem o dedo de dois treinadores consagrados no futebol nacional, o palmeirense Felipão e o santista Cuca. Os treinadores assumiram o comando [?]

21:15 | 02/11/2018

O confronto deste sábado entre Palmeiras e Santos, às 19 horas (de Brasília), no Alllianz Parque, marca o embate entre duas equipes em ótima fase no Campeonato Brasileiro. Esse bom momento dos times tem o dedo de dois treinadores consagrados no futebol nacional, o palmeirense Felipão e o santista Cuca.

Os treinadores assumiram o comando técnico de suas atuais equipes, no final de julho, em situações parecidas. Com um elenco caro e a incômoda sexta colocação no Brasileirão após perder a final do Paulista para o rival Corinthians, o Palmeiras recorreu a experiência de Felipão para a vaga de Roger Machado. O treinador gaúcho teria como missão reerguer a equipe na Série A e dar continuidade à trajetória na Copa do Brasil e na Libertadores.

Enquanto isso na Vila Belmiro, Cuca substituía o jovem Jair Ventura, que deixou o clube em situação complicada no Brasileiro, onde ocupava apenas o 16º lugar, mas vivo na Copa do Brasil e na Libertadores. Assim, o técnico de 55 anos tinha como objetivo tirar o Peixe das proximidades da zona de rebaixamento e manter a equipe com chances nas competições de mata-mata em meio ao caos político.

Nos pontos corridos, os treinadores tiveram êxito na tarefa de melhorar a campanha das equipes, mesmo que por caminhos diferentes. Adepto de um futebol mais ?seguro?, Felipão buscou fazer o Verdão crescer de rendimento a partir da defesa, e conseguiu sucesso no objetivo.

Com apenas quatro gols sofridos nos 14 jogos em que Felipão dirigiu a equipe no Brasileiro, o time palestrino foi pouco a pouco ganhando posições na tabela de classificação até assumir a ponta na 27ª rodada. Ao todo, o Palmeiras soma 16 partidas consecutivas sem derrota na elite nacional, números que resultaram na manutenção da liderança e na construção de uma vantagem de quatro pontos para o vice-líder Flamengo.

Cuca, por sua vez, alavancou o Santos na Série A ao melhorar o desempenho ofensivo do time, em especial de um jogador: Gabriel Barbosa. Desde a chegada do novo comandante, o atacante deslanchou em balançar as redes, marcando 11 gols em 15 partidas e assumindo a artilharia da competição.

Em meio ao ótimo momento da referência santista, o Peixe foi conseguindo bons resultados, deixou de correr riscos de descenso e começou a flertar com uma vaga para a Libertadores do próximo ano. Atualmente, o time é o sétimo colocado, com 46 pontos, mesma pontuação do Atlético-MG, o sexto e primeiro time na zona de classificação para o torneio continental.

Diante desse cenário, o confronto deste sábado coloca frente a frente o líder do returno, Palmeiras, contra o vice-líder, Santos, e, mais do que isso, marca o embate de dois velhos conhecidos do futebol nacional, responsáveis colocar suas respectivas equipes em franca ascensão dentro do Campeonato Brasileiro de 2018, ainda que através de estratégias opostas.

Gazeta Esportiva