Cuca reforça preferência pela Vila e elogia Jair VenturaSantos Futebol Clube | Times | Esportes O POVO
PUBLICIDADE
Esportes


Cuca reforça preferência pela Vila e elogia Jair Ventura

Não é mistério para ninguém. Os jogadores e a comissão técnica do Santos preferem jogar na Vila Belmiro do que no Pacaembu, principalmente em clássicos. No entanto, a diretoria do clube opta por maior público e mais lucro, e acaba levando os jogos para a capital paulista. Na entrevista coletiva que antecedeu o clássico diante [?]

08:15 | 13/10/2018

Não é mistério para ninguém. Os jogadores e a comissão técnica do Santos preferem jogar na Vila Belmiro do que no Pacaembu, principalmente em clássicos. No entanto, a diretoria do clube opta por maior público e mais lucro, e acaba levando os jogos para a capital paulista.

Na entrevista coletiva que antecedeu o clássico diante do Corinthians, o treinador reforçou que prefere o caldeirão do que o Estádio Municipal, especialmente pelo fato do Peixe acabar viajando, pois, tem de subir a serra para chegar em São Paulo.

?Você se habituar mais com o campo. Na Vila, você está lá todos os dias, sabe onde fica sua família. Tudo. Aqui é outra situação, outra preparação. Um dia de viagem. Acho que a força da arquibancada pode ser o diferencial. O pessoal vai lutar como tem lutado pela Libertadores?, afirmou o comandante.

Cuca dá pistas do time titular e descarta rival mais fraco

Santos tem aproveitamento de rebaixado sem Alison

Sem Robson Bambu, Peixe relaciona 22 jogadores para o clássico

Gabigol prevê duelo de poucas chances contra o Corinthians

Quem não deixou nenhuma saudade em Santos foi Jair Ventura. O ex-técnico do Peixe somou 39 jogos, com 14 vitórias, 10 empates e 15 derrotas, com aproveitamento de 44% e atuações ruins ao longo dos sete meses em que dirigiu o clube.

Neste sábado, o agora técnico do Timão reencontrará o ex-clube. Cuca, fez questão de elogiá-lo, relembrando os tempos de Botafogo, onde eram amigos, que é preciso um comandante da nova geração, e que a passagem pífia pela Vila Belmiro o fará amadurecer.

?Claro que é meu amigo. Lembro do Jair lá no Botafogo. Quando eu treinava, ele estava lá, começando com a gente, como auxiliar. Tenho o maior carinho por ele, torço por ele. É um cara do bem, estudioso. A gente precisa dessa geração. Dentro da nossa profissão, vamos ter altos e baixos, ele já experimentou isso. Vai fazer com que ele fique ainda mais maduro?, disse o técnico.

O Santos ocupa a sétima colocação, com 39 pontos ganhos. Caso queira continuar sonhando com uma vaga na próxima edição da Libertadores, o time precisa bater o rival, em jogo válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva

TAGS